• BVSP 121.113,93 pts +0,3%
  • USD R$ 5,5873 -0,0014
  • EUR R$ 6,6964 +0,0000
  • ABEV3 R$ 15,85 -0,13%
  • BBAS3 R$ 29,75 +0,37%
  • BBDC4 R$ 26,17 +1,43%
  • BRFS3 R$ 23,62 -2,80%
  • BRKM3 R$ 50,09 +3,24%
  • BRML3 R$ 9,8 +0,20%
  • BTOW3 R$ 68,22 +0,04%
  • CSAN3 R$ 90,81 -0,27%
  • ELET3 R$ 35,46 +3,68%
  • EMBR3 R$ 15,81 -0,94%
  • Petróleo US$ 65,81 +0,00%
  • Ouro US$ 1.782,20 +0,00%
  • Prata US$ 26,32 +0,00%
  • Platina US$ 1.215,10 +0,00%

Preciso pagar US$ 300 mil para cortar o cabelo? O maior segredo de Buffett

Aos 90 anos de idade recém completados neste domingo, o presidente da Berkshire Hathaway está no roll dos investidores mais bem-sucedidos de todos os tempos

Aos 90 anos de idade recém completados neste domingo, 30, o presidente da Berkshire Hathaway, Warren Buffett, está no roll dos investidores mais bem-sucedidos de todos os tempos, com um patrimônio líquido estimado em mais de US$ 82 bilhões.  Quase 90% dessa soma foi acumulada depois dos 65 anos.

Entre os conselhos do megainvestidor, tema de uma reportagem do jornal The Wall Street Journal, está que "investir bem é importante, mas investir bem por muito tempo é ainda melhor". Em uma carta que escreveu aos investidores em janeiro de 1985, Buffet ensinou o que chama de "A Técnica Matusalém", que nada mais é do que senão a combinação de uma vida longa e um retorno de investimento atraente e estável. Seu primeiro investimento foi há mais de 78 anos, em três ações da Cities Service Co.

Desde muito cedo, Buffett entendeu que construir riqueza depende não apenas de quanto seu dinheiro cresce, mas também de quanto tempo ele cresce. Por volta dos 10 anos, ele leu um livro sobre como ganhar US$ 1.000 e intuitivamente entendeu a importância do tempo, determinante para o aumento de riqueza através do chamado juros composto.

Se somado a isso, acrescentar os retornos em dividendos, a diversificação e a fidelidade por décadas nos investimentos, têm-se o resultado dos ganhos e a expertise histórica  de Buffett como investidor.

Mesmo em investimentos com taxas de retorno baixas a moderadas, longos períodos de crescimento contínuo transformam pequenas quantias em montanhas de dinheiro. Isso é vital para os investidores, principalmente para que não se agarrem às suas ações por apenas alguns dias ou horas.

A longa carreira de Buffett também oferece outra lição: seja flexível. Quanto mais velho você fica, menos investe como costumava fazer.

Buffett obteve seus maiores retornos décadas atrás comprando as menores e mais baratas ações que pôde encontrar, como a produtora de bombas d'água Dempster Mill Manufacturing Co. e a empresa de cartografia Sanborn Map Co.

Hoje em dia, a maior participação da Berkshire Hathaway é na gigante Apple Inc. Surpreendentemente, não foi Buffett quem a comprou originalmente para o portfólio da Berkshire, mas com o tempo se tornou o investimento que mais o entusiasmou. Esta semana, a participação da Apple detida pela empresa de Buffett valia cerca de US$ 123 bilhões, ou 24% do valor de mercado total da Berkshire - uma reviravolta impressionante para um investidor que há muito se recusou a investir em ações de tecnologia porque sentiu que não as entendia .

A biógrafa de Buffet, Alice Schroeder, autora de: "A bola de neve: Warren Buffett e o negócio da vida", afirma que mesmo antes de o bilionário ser um adolescente, ele já pensava sobre o tempo de uma maneira diferente, em que "casava" o presente com o futuro. "Se um dólar hoje valeria 10 daqui a alguns anos, então, em sua mente, os dois eram iguais".

Às vésperas de completar 30 anos, Buffett já pensava sobre a composição dos juros de forma instantânea. Ao pagar pelo que chamou de "loucura de Buffet" -  US$ 31.500 por uma casa em Omaha -  em sua mente, os mesmos US$ 31.500 já valiam um milhão de dólares após capitalização no futuro, escreveu Schroeder.  Amigos e familiares ouviam regularmente o jovem Buffett murmurar coisas como: “eu realmente quero gastar US$ 300.000 neste corte de cabelo?”, ou, "não tenho certeza se quero gastar US$ 500.000 dessa forma" ao ponderar se deveria ou não gastar.  Para o investidor, alguns dólares gastos naquele dia eram centenas de milhares de dólares perdidos no futuro porque não podiam ser capitalizados.

Reconhecer que cada real gasto hoje poderia ser no futuro um montante muito maior priva de alguns prazeres, mas pode ser a base para enxergar o que poderia ser feito com o dinheiro poupado e investido. Paciência e resistência são superpoderes dos grandes investidores. As lições de longo prazo são valiosas num momento em que milhares de brasileiros entram na bolsa toda semana.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.