• BVSP 120.061,99 pts -0,7%
  • USD R$ 5,5695 +0,0003
  • EUR R$ 6,6894 -0,0123
  • ABEV3 R$ 15,7 -0,19%
  • BBAS3 R$ 30,12 +1,69%
  • BBDC4 R$ 23,26 -1,52%
  • BRFS3 R$ 23,9 +0,13%
  • BRKM3 R$ 51,9 -1,69%
  • BRML3 R$ 9,82 +0,00%
  • BTOW3 R$ 65,89 -2,53%
  • CSAN3 R$ 92,46 +2,80%
  • ELET3 R$ 35,4 +1,03%
  • EMBR3 R$ 15,08 -2,27%
  • Petróleo US$ 65,90 -0,62%
  • Ouro US$ 1.779,10 -0,01%
  • Prata US$ 26,00 +0,46%
  • Platina US$ 1.193,00 +0,29%

Pão de Açúcar reverte prejuízo e ações disparam quase 7%

Grupo GPA teve lucro de 215 milhões de reais no primeiro trimestre do ano; desempenho foi influenciado pela divisão Assaí

São Paulo — As ações do Grupo Pão de Açúcar disparam nesta sexta-feira, após a empresa informar que lucro 215 milhões de reais no primeiro trimestre do ano. No mesmo período do ano passado, a companhia teve prejuízo de 157 milhões de reais.

Os papéis chegaram a subir 6,7% após a abertura do pregão e eram negociados a quase 70 reais, na máxima do dia.

O desempenho do grupo no primeiro trimestre foi puxado pela divisão Assaí, que lucrou 76 milhões de reais no período. O montante é mais do que o dobro registrado no mesmo período de 2016.

Smiles

Quem também subia forte nesta manhã era a Smiles. A companhia que administra um programa de fidelidade também reportou aumento de lucro no primeiro trimestre.

De janeiro a março, o lucro foi de 156,3 milhões de reais — 32% mais do que nos primeiros meses de 2016.

Durante a manhã, as ações ordinárias das Smiles subiram até 4,%, cotadas a 70 reais na máxima do dia.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.