Ibovespa fecha em alta por cenário externo; Dasa dispara

O Ibovespa subiu 0,33 por cento, a 51.356 pontos, em dia de recuperação após as perdas da sexta-feira

São Paulo –  O principal índice da Bovespa fechou esta segunda-feira em alta, na esteira da melhora no cenário externo e com destaques domésticos como a Dasa

O Ibovespa subiu 0,33 por cento, a 51.356 pontos, em dia de recuperação após as perdas da sexta-feira. O giro financeiro do pregão foi de 4,128 bilhões de reais.

“(O Ibovespa) acompanhou o mercado externo, com declarações da Lagarde sobre a economia norte-americana”, disse o operador de renda variável na Renascença DTVM Luiz Roberto Monteiro.

No domingo, a chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse que o FMI prevê que a economia dos EUA crescerá mais rápido em 2014. Para Monteiro, porém, a tendência da Bovespa é ficar “devagar” nos próximos pregões, com um volume financeiro mais fraco devido aos feriados de fim de ano, e com investidores mais atentos ao cenário corporativo.

Nesta sessão, o índice foi puxado pelas ações da empresa de diagnósticos médicos Dasa, após a publicação de oferta pública para aquisição pela Cromossomo Participações, de até 100 por cento das ações, a 15 reais cada. Também influenciaram positivamente as ações da CSN e da Petrobras.

Gol, que divulgou dados operacionais de novembro na sexta, também foi destaque positivo. Vale teve leve queda, após operar todo o dia no campo positivo, após a mineradora anunciar que desistiu do processo sobre tributação de lucros obtidos por suas subsidiárias no exterior no período 2003-12. Na outra ponta, a ação preferencial da Oi foi destaque negativo. A empresa informou pela manhã que concluiu a venda da participação na empresa de cabos submarinos GlobeNet para um fundo do BTG Pactual. 

Atualizada às 17h54.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.