Goldman Sachs fechará fundo quantitativo após fortes perdas

O Global Alpha recuou 13% desde o início de setembro, entregando uma performance pior que outros fundos que se baseiam em programas de computadores

Nova York – O Goldman Sachs está encerrando um conhecido fundo de investimento que baseia suas negociações em análises assistidas por computadores depois que sua carteira sofreu perdas pesadas este ano. O Goldman informou os investidores do Global Alpha, de US$ 1,6 bilhão, nesta quinta-feira, um dia após ter anunciado uma reestruturação no fundo que já foi a joia da coroa entre seus fundos quantitativos. O fundo será encerrado nas próximas semanas.

O Global Alpha recuou 13% desde o início de setembro, entregando uma performance pior que outros fundos que se baseiam em programas de computadores para rapidamente aproveitarem oportunidades do mercado, disseram pessoas familiares aos números.

Esses tipos de fundos supostamente se movimentam mais rapidamente na compra e venda de ações, títulos, moedas e outros ativos e saem das posições antes da ocorrência de perdas.

É a segunda vez em quatro anos que o fundo Global Alpha (que já foi o maior do Goldman com patrimônio de US$ 12 bilhões) sofre grandes perdas, o que levanta questões sobre a habilidade do banco em gerenciar estratégias quantitativas para seus clientes.


O Goldman Sachs se recusou a comentar o assunto.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.