Fibria quer captar R$ 1,25 bilhão com nova emissão

Empresa vai ofertar ações ordinárias e ADRs, ainda sem preço definido

São Paulo – A Fibria Celulose (FIBR3) informou hoje que pretende realizar uma nova distribuição primária de ações ordinárias e American Depositary Receipts (ADRs, recibo de ações estrangeiras negociados nos Estados Unidos).

O preço dos ativos ofertados será fixado a partir da cotação dos papéis já negociados e da demanda pela operação. A expectativa da companhia é captar 1,25 bilhão de reais para fortalecer a estrutura de capital da empresa e equilibrar o nível de alavancagem.

No mesmo comunicado, a companhia informou que aceitou vender ao fundo Florestas do Brasil FIP alguns ativos florestais e terras no sul da Bahia. Os 16,5 mil hectares de eucalipto plantado foram negociados por 235 milhões de reais, valor ainda sujeito a ajustes após processo de due-diligence.

Perto das 14h, as ações ordinárias da Fibria caíam 2,17% na bolsa, cotadas em 14,87 reais.
http://d1nfmblh2wz0fd.cloudfront.net/items/loaders/loader_1063.js?aoi=1311798366&pid=1063&zoneid=14729&cid=&rid=&ccid=&ip=

http://d1nfmblh2wz0fd.cloudfront.net/items/loaders/loader_1063.js?aoi=1311798366&pid=1063&zoneid=14729&cid=&rid=&ccid=&ip=

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.