Empiricus entra na Justiça por concorrência desleal, diz site

A Empiricus afirma que a página da Suno foi copiada literalmente, incluindo a oferta de relatórios e com o direcionamento dos links

São Paulo – A Empiricus Research entrou com uma ação na Justiça contra a Suno Research por plágio e concorrência desleal.

Segundo o site Money Times, a Empiricus afirma que a página “termos de uso” da Suno foi copiada literalmente, incluindo a oferta de relatórios e com o direcionamento dos links de contato e cancelamento direcionados para caixas de e-mail da Empiricus.

De acordo com a reportagem, a página Termos de Uso da Suno Research é igual àquela usada na Empiricus Research. Quando o usuário clica no hyperlink contato@sunoresearch.com.br, na verdade, ele é direcionado para a caixa “cancelamento@empiricus.com.br”.

Contatada pelo Money Times, a Suno Research afirmou não foi notificada, mas que entende que esta é uma estratégia da Empiricus para derrubar o seu sucesso no mercado.

Briga anterior

Esta não é a primeira vez que as consultorias se estranham. No começo do ano, o analista-chefe da Empiricus, Felipe Miranda, e o sócio da consultoria Suno Research Tiago Reis discutiram durante um evento realizado em São Paulo e Reis registrou um boletim de ocorrência após ter recebido uma “cabeçada” de Felipe Miranda.

Os analistas já haviam trocado farpas em várias ocasiões nas redes sociais, por divergências quanto a metodologias e propagandas em relação a investimentos. Reis vinha questionando os ganhos prometidos pela Empiricus em seus relatórios.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.