Dólar sobe com fortalecimento da inflação nos EUA

Os investidores viram o avanço da inflação como sinal de que a economia está encontrando o caminho certo após o inverno rigoroso no país no começo do ano

Nova York – O dólar subiu depois de dados mostrarem que a inflação nos EUA ganhou força em maio, o que contribui para os planos do Federal Reserve de continuar reduzindo os estímulos fornecidos à economia norte-americana.

Os investidores viram o avanço da inflação como sinal de que a economia está encontrando o caminho certo após o inverno rigoroso no país no começo do ano.

O Departamento do Comércio dos EUA informou que o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) subiu 0,4% em maio ante abril, o maior avanço mensal em mais de um ano e mais do que a previsão dos economistas de +0,2%.

Em base anual, o CPI avançou 2,1% em maio, na maior alta desde outubro de 2012. O núcleo do CPI aumentou 2,0%, maior avanço desde fevereiro de 2013.

Segundo Camilla Sutton, estrategista de câmbio do Scotiabank, a alta dos preços em maio foi ampla e não ficou restrita a um ou dois setores, o que deve confirmar para o Fed que a economia dos EUA está se recuperando.

O banco central norte-americano vai decidir amanhã sobre a política monetária.

No fim da tarde em Nova York, o dólar subia para 102,17 ienes, de 101,86 ienes no fim da tarde de ontem, enquanto o euro caía para US$ 1,3543, de US$ 1,3574.

A moeda europeia também foi afetada pelo inesperado recuo do índice ZEW de expectativas econômicas da Alemanha para 29,8 em junho, que contrariou a expectativa de alta para 35,0.

O dólar australiano caiu para US$ 0,9336, de US$ 0,9402 ontem, pressionado pela ata da última reunião de política monetária do Banco da Reserva da Austrália (RBA), que revelou que o banco central ainda considera o valor da moeda local muito alto e questionou se as taxas básicas de juros estão baixas o suficiente para ajudar a economia do país.

Entre outras moedas, o euro era cotado a 138,33 ienes, de 138,29 ienes ontem.

O dólar estava em 0,8994 franco suíço, de 0,8974 franco suíço; o euro estava em 1,2184 franco suíço, de 1,2180 franco suíço; e a libra estava em US$ 1,6958, de US$ 1,6982.

Fonte: Dow Jones Newswires.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.