Dólar comercial sobe 0,12% e fecha em R$ 1,691

Por Márcio Rodrigues

São Paulo – Após engatar seis dias consecutivos de queda, hoje o dólar comercial voltou para o terreno positivo e teve leve recuperação de 0,12%, cotado a R$ 1,691 no mercado interbancário de câmbio. A terça-feira, no entanto, foi de muita oscilação. No começo do pregão, a moeda norte-americana tinha queda consistente ante as demais divisas, mas inverteu o sinal e acabou se valorizando em relação ao real. Segundo analistas, as operações domésticas acompanham o movimento verificado nos demais mercados, onde o euro passou a cair ante o dólar e as bolsas de valores perderam força.

Na BM&F, a moeda fechou em R$ 1,6915 com alta de 0,07%.

Segundo um operador, o dólar seguiu o movimento nos mercados internacionais. “A mexida aqui foi um ajuste de ativos, até mesmo porque o dólar estava em patamar baixo.” Ainda segundo ele, o movimento financeiro foi melhor hoje, com alguns investidores adiantando operações, uma vez que a semana será mais curta.

No único leilão do dia, o Banco Central comprou dólares com taxa de corte de R$ 1,6921.

Câmbio turismo

Nas operações de câmbio turismo, o dólar teve alta de 0,79%, negociado em média a R$ 1,797 na venda e a R$ 1,62 na compra. O euro turismo encerrou o dia em alta de 0,73%, a R$ 2,36 (venda) e R$ 2,183 (compra).

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.