Cury amplia fila de construtoras rumo à bolsa

A Cyrela será um dos acionistas vendedores na oferta secundária de ações da Cury, que se apresenta como um incorporadora de baixa e média renda

São Paulo – A Cury Construtora e Incorporadora pediu nesta sexta-feira(21)  registro para oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), ampliando a fila de empresas do setor imobiliário que planejam captar recursos no mercado para crescer.

Segundo o prospecto preliminar apresentado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a operação envolve ofertas primária e secundária de ações e será coordenada por BTG Pactual, Itaú BBA, Bank of America e Caixa Econômica Federal.

A Cyrela será um dos acionistas vendedores na oferta secundária de ações da Cury, que se apresenta como um incorporadora de baixa e média renda, com foco nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

A Cury diz que usará recursos da oferta primária para compra de terrenos.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.