Cotação do ouro bate novo recorde histórico

O preço de uma onça de ouro atingiu US$ 1.981,27 na manhã desta terça nas Bolsas asiáticas, superando o recorde desta segunda-feira

A cotação do ouro bateu um novo recorde na Ásia nesta terça-feira (28), superando a marca alcançada ontem, antes de perder parte de seus ganhos. 

O preço de uma onça de ouro atingiu US$ 1.981,27 na manhã desta terça nas Bolsas asiáticas, batendo seu recorde de segunda-feira (US$ 1.945,72). Este último superou o anterior, que era de 2011.

Às 6h (horário de Brasília), o preço caiu para US$ 1.927,97.

A cotação do metal amarelo se valorizou mais de 27% desde o início do ano. Os analistas preveem que, em breve, romperá a barreira de US$ 2.000.

Com a pandemia de coronavírus piorando em muitos países e com as crescentes tensões entre Estados Unidos e China, os investidores optam pelo ouro, o eterno porto seguro.

Além disso, como o valor do ouro é expresso em dólares, a recente queda na moeda americana – que se recuperou um pouco nesta terça-feira – tem sido um fator de alta em sua cotação.

Um dólar baixo torna o ouro mais barato para aqueles que usam outras moedas, o que aumenta sua demanda.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Plano mensal Revista Digital

Plano mensal Revista Digital + Impressa

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

R$ 15,90/mês

R$ 44,90/mês

Plano mensal Revista Digital

Acesse ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

ASSINE

Plano mensal Revista Digital + Impressa

Acesse ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças + Edição impressa quinzenal com frete grátis.

ASSINE