Construtora mineira Canopus pede registro para IPO

A operação, que envolve ofertas primária e secundárias de ações, será coordenada por Itaú BBA, BTG Pactual e Bradesco BBI

A construtora Canopus pediu registro para realizar uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), segundo informações disponibilizadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta segunda-feira.

A operação, que envolve ofertas primária (ações novas, cujos recursos vão para o caixa da companhia) e secundárias (papéis detidos por atuais sócios da empresa), será coordenada por Itaú BBA, BTG Pactual e Bradesco BBI.

Lucas e Túlio Botelho Mattos serão acionistas vendedores na oferta secundária. Os recursos da oferta primária serão usados para compra e lançamento de empreendimentos e para capital de giro, afirmou a companhia no prospecto preliminar da oferta.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.