Bolsas de NY recuam, com investidores cautelosos

Nova York – As bolsas de Nova York abriram o dia em baixa, com investidores cautelosos mesmo após o voto de confiança obtido pelo governo grego ontem. O mercado também aguarda a entrevista à imprensa do presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos), Ben Bernanke, às 15h15 (horário de Brasília). Às 10h34, o índice Dow Jones cedia 0,30%, o Nasdaq recuava 0,26%, e o S&P 500 caía 0,24%.

A entrevista de Bernanke será a segunda neste ano e a segunda na história do Fed concedida por um presidente do banco central após a reunião de política monetária. Espera-se da reunião a manutenção da política de juro zero, uma menção formal do fim do programa de alívio quantitativo, o QE2, de US$ 600 bilhões este mês, e possivelmente mais cortes nas projeções de crescimento dos Estados Unidos neste ano.

Em nota divulgada a clientes, o Deutsche Bank afirma que a estimativa para o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA deste ano deve ser cortada para a faixa de 2,7% a 2,9%, de 3,1% a 3,3% em abril, que também já era uma projeção revisada para baixo.

De Bernanke, o que se espera são sinais sobre quando começa a estratégia de saída da política de afrouxamento monetário extremo, iniciada no final de 2008, e sobre como ele vê o momento atual da economia, que tem mostrado alguma fraqueza.

Na Grécia, o voto de confiança dado pelo Parlamento ontem à noite ao primeiro-ministro George Papandreou, por 155 votos a 143, é positivo e gera alguma esperança de que o país escape do default (não pagamento das dívidas), mas é apenas uma pedra fora do caminho. Outro passo importante é o governo conseguir aprovar o novo pacote de austeridade fiscal, em meio a tantos protestos da população, que já sofre com as medidas de aperto do pacote de socorro do ano passado e a alta taxa de desemprego no país.

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, defendeu hoje a participação voluntária dos credores privados no pacote de ajuda à Grécia e disse que o Parlamento alemão precisa aprovar um rascunho desse pacote na primeira semana de julho.

No campo corporativo, a empresa de eletrônicos Philips alertou sobre resultados financeiros mais fracos no segundo trimestre. Já a empresa de software Adobe informou que o lucro do segundo trimestre subiu 54% para US$ 229,4 milhões, mas fez projeções mais pessimistas de lucros para o ano.

A petroleira Transocean afirma, após investigação interna, que a explosão do poço no Golfo do México no ano passado, que matou 11 pessoas, se deu por erros da British Petroleum (BP). Por fim, a mineradora Rio Tinto concordou em adotar contratos de precificação mensal para seu minério de ferro.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.