• BVSP 117.669,90 +0,0%
  • USD 5,6382 -0,0426
  • EUR 6,7188 -0,0428
  • ABEV3 15,36 +0,00%
  • BBAS3 29,19 +0,00%
  • BBDC4 25,2 +0,00%
  • BRFS3 24 +0,00%
  • BRKM3 43,37 +0,00%
  • BRML3 9,94 +0,00%
  • BTOW3 62,64 +0,00%
  • CSAN3 89,19 +0,00%
  • ELET3 35,45 +0,00%
  • EMBR3 15,96 +0,00%
  • Petróleo 63,73 +1,24%
  • Ouro 1.741,90 -0,17%
  • Prata 25,20 -0,51%
  • Platina 1.188,80 -1,70%

Bolsas chinesas têm maior queda em quase 2 semanas

Índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,56 por cento

Xangai / Cingapura - Os mercados acionários da China tiveram a maior queda em quase duas semanas nesta quinta-feira, com a China Unicom caindo depois de avançar nesta semana uma vez que diminuiu o entusiasmo sobre as reformas na estatal.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,56 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,48 por cento.

Os investidores também estão cautelosos conforme o índice de Xangai se aproxima da marca de 3.300 pontos, um nível que se provou ser um obstáculo duro com três tentativas falhas de superá-lo nos últimos nove meses.

Depois de um início calmo de sessão, a confiança foi abalada uma vez que a China Unicom ampliou as perdas à tarde, registrando recuo de quase 7 por cento no fechamento.

A ação avançou no limite diário de 10 por cento na segunda e na terça-feira, antes de cair 0,9 por cento na quarta.

O avanço foi desencadeado por uma reestruturação planejada que levaria a operadora de telecomunicações a buscar grandes investidores para financiamento, incluindo Alibaba Group, Tencent Holdings e Baidu.

O restante da região mostrou força em sua maior parte, afastando a aversão ao risco que pressionou os mercados financeiros depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou paralisar o governo e encerrar o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta).

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,45 por cento às 7:44 (horário de Brasília).

. Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 0,42 por cento, a 19.353 pontos.

. Em Hong Kong, o índice HANG SENG subiu 0,43 por cento, a 27.518 pontos.

. Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,48 por cento, a 3.271 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,56 por cento, a 3.734 pontos.

. Em Seul, o índice KOSPI teve valorização de 0,40 por cento, a 2.375 pontos.

. Em Taiwan, o índice TAIEX registrou alta de 0,79 por cento, a 10.488 pontos.

. Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,37 por cento, a 3.272 pontos.

. Em Sydney o índice S&P/ASX 200 avançou 0,14 por cento, a 5.745 pontos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.