• BVSP 121.113,93 pts +0,3%
  • USD R$ 5,6033 +0,0147
  • EUR R$ 6,6964 +0,0000
  • ABEV3 R$ 15,85 -0,13%
  • BBAS3 R$ 29,75 +0,37%
  • BBDC4 R$ 26,17 +1,43%
  • BRFS3 R$ 23,62 -2,80%
  • BRKM3 R$ 50,09 +3,24%
  • BRML3 R$ 9,8 +0,20%
  • BTOW3 R$ 68,22 +0,04%
  • CSAN3 R$ 90,81 -0,27%
  • ELET3 R$ 35,46 +3,68%
  • EMBR3 R$ 15,81 -0,94%
  • Petróleo US$ 66,50 -0,40%
  • Ouro US$ 1.777,20 -0,17%
  • Prata US$ 25,89 -0,84%
  • Platina US$ 1.206,40 -0,19%

Barclays nos EUA deve aderir a veto de compra de criptomoedas

Porta-voz afirmou que o banco está revisando sua política em cada país e que ainda não alterou sua política

Londres - O Barclays deve seguir outras instituições financeiras de peso nos Estados Unidos ao impedir que clientes comprem bitcoins e outras criptomoedas com seus cartões de crédito, de acordo com uma entrevista com um executivo sênior da unidade de cartões do banco.

"Nós estamos tomando a decisão de que provavelmente não permitiremos compras de criptomoedas no cartão", afirmou Paul Wilmore, diretor administrativo do Barclaycard, ao blog Bank Innovation.

Uma porta-voz do Barclays em Londres disse que o banco está revisando sua política em cada país e que ainda não alterou sua política.

O Barclaycard é um dos maiores emissores de cartões de crédito no Reino Unido e nos Estados Unidos que ainda não anunciou formalmente a proibição de compras de moedas digitais com cartões.

O Lloyds Banking Group, que emite pouco mais de 25 por cento de todos os cartões de crédito no Reino Unido, e a Virgin Money comunicaram a proibição na semana passada, seguindo os passos de JP Morgan Chase & Co e Citigroup.

A medida visa a proteger os clientes de acumular dívidas enormes com a compra de moedas digitais em cartões de crédito, se os valores despencarem, explicou a porta-voz do Lloyds na semana passada.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.