Ant Financial, do Alibaba, aumenta a ambição para o maior IPO da história

Valor de mercado desejado do braço financeiro do Alibaba é de 280 bilhões de dólares, acima do Bank of America, um dos maiores bancos dos EUA

A Ant Financial planeja aumentar a sua meta de valor de mercado de sua oferta pública inicial para pelo menos 280 bilhões de dólares devido à forte demanda. A empresa decidiu ir em frente com o IPO mesmo no momento em que o governo de Donald Trump avalia restrições contra a gigante chinesa que é o braço financeiro do Alibaba, de acordo com pessoas a par do assunto.

A empresa com sede em Hangzhou elevou a meta em pelo menos 12% em relação à estimativa anterior de 250 bilhões de dólares após discussões iniciais com investidores, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas. A Ant pretende levantar cerca de 35 bilhões de dólares com a oferta, segundo fontes.

Apesar dos obstáculos nos EUA, a Ant Financial, do bilionário empreendedor Jack Ma, segue em frente no que poderá ser o maior IPO da história, com listagens no mesmo dia em Hong Kong e em Xangai, disseram as pessoas.

Com 280 bilhões de dólares, o valor de mercado da Ant seria maior do que o do Bank of America e o triplo da capitalização do Citigroup, enquanto o IPO superaria o recorde de 29 bilhões de dólares da petrolífera saudita Saudi Aramco no ano passado.

A Bolsa de Valores de Hong Kong agendou uma audiência sobre a Ant para a próxima semana, enquanto aguarda a aprovação do regulador de valores mobiliários chinês, uma exigência para empresas que realizam listagens duplas na China e em Hong Kong, disseram pessoas próximas à operação. A Ant e a Bolsa de Hong Kong não quiseram comentar em comunicados enviados por e-mail.

A audiência de Hong Kong perante um painel de 28 membros de profissionais externos é esperada há semanas. Se atrasar muito mais, o IPO corre o risco de coincidir com as eleições presidenciais americanas de 3 de novembro, onde alguns esperam que o aumento dos votos por correio gere incerteza prolongada.

A diferença de uma semana em Hong Kong entre a precificação de um IPO e o início das negociações pode deixar investidores expostos a um mercado mais volátil.

O governo Trump estuda restrições contra a Ant, bem como contra a rival Tencent, sob a alegação de que suas plataformas de pagamento digital ameaçam a segurança nacional dos EUA.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.