Ações sobem para novas altas, impulsionadas por Apple

Ações dos Estados Unidos subiam puxadas pelas altas recordes dos papeis da Apple após acordo de distribuição com a China Mobile

Nova York – As ações dos Estados Unidos subiam nesta segunda-feira, puxadas pelas altas recordes dos papeis da Apple após acordo de distribuição com a China Mobile.

A gigante da tecnologia informou que assinou um muito aguardado acordo com a China Mobile para vender iPhones através da maior rede de usuários de telefones móveis do mundo e que pode acrescentar bilhões de dólares à sua receita.

Às 14h09 (horário de Brasília), o indicador Dow Jones subia 0,45 por cento, a 16.293 pontos, enquanto que o S&P 500 tinha valorização de 0,50 por cento, a 1.827 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq tinha ganhos de 0,84 por cento, a 4.139 pontos.

“É uma boa notícia. É um acordo estratégico muito maior do que tinha sido previsto”, disse o presidente da Suffern, Oliver Pursche. “A Apple está incrivelmente desvalorizada neste momento, e esse negócio pode ajudá-la a ir bem além de 600 dólares no início de 2014.” As ações da Apple tinha alta de mais de 3 por cento nesta sessão.

Tanto o Dow Jones quanto o S&P estavam nas máximas recordes, ampliando os fortes ganhos da semana passada, os mais fortes para os principais índices em meses.