Ações europeias rondam estabilidade; há potencial de alta

O índice das principais ações europeias, FTSEurofirst 300, tem oscilação negativa de 0,11%, aos 1.114 pontos

Londres – As ações europeias operavam perto da estabilidade nesta terça-feira, com operadores afirmando que as recentes medidas de estímulo de bancos centrais deram aos mercados acionários potencial de alta, embora haja temores não resolvidos sobre a crise da dívida da zona do euro.

Às 7h53 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 index tinha oscilação negativa de 0,11 por cento, para 1.114 pontos. O índice Euro STOXX 50 perdia 0,33 por cento, para 2.549 pontos.

Os mercados acionários europeus avançaram desde 26 de julho, quando o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, disse que faria o que fosse necessário para proteger o euro da crise da dívida da região. Depois disso, ele anunciou em 6 de setembro um plano para comprar títulos governamentais.

Os mercados acionários receberam um empurrão extra este mês quando o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, afirmou que irá injetar 40 bilhões de dólares na economia todo mês até que veja uma melhora sustentável no mercado de trabalho do país.

Apesar de os mercados terem caído devido a sinais persistentes de que a crise da dívida da zona do euro está longe de acabar, com a Espanha sob pressão para pedir um pacote de resgate, o índice Euro STOXX 50 continua com alta acumulada de aproximadamente 20 por cento desde o final de julho.

“Nós estamos em outra semana ‘de lado’, mas com o potencial de subir. No geral, o viés ainda é positivo”, afirmou o operador de mercado de opções europeu do XBZ Ltd Mike Turner.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.