• BVSP 121.113,93 pts +0,3%
  • USD R$ 5,6033 +0,0147
  • EUR R$ 6,6964 +0,0000
  • ABEV3 R$ 15,85 -0,13%
  • BBAS3 R$ 29,75 +0,37%
  • BBDC4 R$ 26,17 +1,43%
  • BRFS3 R$ 23,62 -2,80%
  • BRKM3 R$ 50,09 +3,24%
  • BRML3 R$ 9,8 +0,20%
  • BTOW3 R$ 68,22 +0,04%
  • CSAN3 R$ 90,81 -0,27%
  • ELET3 R$ 35,46 +3,68%
  • EMBR3 R$ 15,81 -0,94%
  • Petróleo US$ 66,47 -0,45%
  • Ouro US$ 1.778,30 -0,11%
  • Prata US$ 25,86 -0,94%
  • Platina US$ 1.210,10 +0,12%

Ações do GPA disparam até 20% com decisão de levar Assaí à Bolsa

Acionistas do grupo varejista vão ter direito a ações equivalentes da rede de atacarejo na B3, segundo anúncio feito na noite da quarta-feira

A decisão do GPA de fazer a cisão de sua unidade de atacarejo (ou cash & carry, em inglês), o Assaí, está sendo bem recebida por investidores. As ações do grupo varejista (PCAR3) na B3 chegaram a disparar 20% na abertura do pregão desta quinta-feira, 10, em decorrência do comunicado na última noite, depois do fechamento do mercado. Por volta das 11h50, a alta era de 14%.

A operação, que foi aprovada pelo conselho de administração do GPA na quarta-feira, prevê que o Assaí se tornará uma empresa independente com ações listadas no segmento Novo Mercado da B3, e ADRs na Bolsa de Nova York. Cada acionista do GPA em data a ser definida terá direito a uma ação equivalente do Assaí, com subscrição automática.

Executivos do GPA dissseram que simulações já realizadas apontam que as duas operações (GPA e Assaí) segregadas vão gerar mais valor aos acionistas do que juntas.

“Teremos também maior eficiência na alocação de capitais, uma vez que cada companhia poderá acessar o mercado com sua estratégia”, afirmou Ronaldo Iabrudi, co-vice presidente do conselho do GPA.

O Assaí é uma operação que cresce e gera caixa a um ritmo mais acelerado do que o do GPA inteiro na atual configuração. Potencialmente, pode ser negociado a preços mais elevados sozinho na B3 do que da forma como acontece atualmente.

No jargão do mercado, a cisão vai destravar valor. É uma operação que se tornou recorrente nos últimos anos. A Petrobras realizou com a BR Distribuidora, e o Banco do Brasil, com o BB Seguridade. Nos dois casos, no entanto, a listagem da então subsidiária foi feita por meio de uma oferta pública inicial (IPO) de ações na B3. Não será o caso do Assaí.

A cisão é uma estratégia, no entanto, que foi questionada não faz muitos anos, com base no entendimento de que a divisão da liquidez na bolsa tirava valor dos ativos.

Analistas do Credit Suisse estimam o valor de mercado do Assaí sozinho em 17 bilhões de reais, com base em múltiplos de concorrentes e nos resultados da operação, ligeiramente acima do valor do GPA inteiro no fechamento da quarta-feira (16,7 bilhões de reais). Isso significaria, em tese, que os demais negócios do GPA, como a rede Pão de Açúcar e o app de entregas James, não teriam valor. "Há coisas que não fazem sentido, e o valuation do GPA é uma delas", escrevem os analistas.

A cisão do Assaí se dará em quatro etapas: inicialmente, a transferência da participação acionária do Assaí na rede Éxito (da Colômbia) para o GPA; depois, a cisão do GPA e do Assaí. O terceiro passo será a listagem das ações emitidas pelo Assaí no segmento do Novo Mercado da B3 e a listagem dos ADRs na bolsa de Nova York; e, por fim, a distribuição de ações do Assaí aos acionistas do GPA.

A previsão é que a transação seja concluída até o fim do primeiro trimestre do próximo ano, segundo os executivos do GPA.

O atacarejo é um modelo de negócios que concilia características do atacado, como preços baixos e limitado sortimento (variedade limitada de produtos), com o do varejo, como atendimento ao consumidor comum (em vez de apenas lojistas).

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.