• BVSP 120.294,68 pts +0,8%
  • USD R$ 5,6562 -0,0622
  • EUR R$ 6,7771 -0,0587
  • ABEV3 R$ 15,85 +1,41%
  • BBAS3 R$ 29,56 +0,03%
  • BBDC4 R$ 25,84 +1,33%
  • BRFS3 R$ 24,3 -1,14%
  • BRKM3 R$ 46,8 -0,23%
  • BRML3 R$ 9,68 -1,83%
  • BTOW3 R$ 67 -2,87%
  • CSAN3 R$ 90,16 +0,32%
  • ELET3 R$ 34,37 -1,12%
  • EMBR3 R$ 16,12 +2,28%
  • Petróleo US$ 66,23 +3,53%
  • Ouro US$ 1.736,50 -0,56%
  • Prata US$ 25,47 +0,26%
  • Platina US$ 1.173,90 +1,27%

Ações da Netflix estão no caminho para pior trimestre desde 2012

Empresa de streaming caiu 30% desde o fim de junho, com preocupações sobre iminente competição vinda da Walt Disney

São Francisco — As ações da Netflix caíam mais de 4% nesta terça-feira, 24, a caminho do maior declínio trimestral em sete anos, depois que dois analistas aumentaram as preocupações com uma onda iminente de competição vinda da Walt Disney e de outros rivais.

A Netflix caiu 30% desde o fim de junho e, se esse declínio persistir até segunda-feira, terá sido o pior desempenho trimestral para as ações do serviço de streaming desde 2012.

Os novos serviços de streaming da Walt Disney e da Apple aumentaram as preocupações com o lento crescimento do número de assinantes da Netflix e os custos crescentes, à medida que aumentam os gastos para criar séries de primeira linha como "Stranger Things" e "The Crown".

Visto como ameaça mais perigosa para a Netflix, o Disney + será lançado em novembro com uma série de programas de TV novos e clássicos e filmes de algumas das franquias de entretenimento mais populares do mundo. As ações da Disney subiram 14% desde 11 de abril, quando foi anunciado seu novo serviço. O serviço Apple TV + da Apple lançará em 1º de novembro, aumentando a concorrência com a Amazon, o Hulu e outros.

Apontando para o aumento da concorrência e custos mais altos, a Pivotal Research reduziu nesta terça-feira sua meta de preço para as ações da Netflix, de 515 para 350 dólares.

"Nossas novas previsões sugerem que eles responderão à aceleração dos custos de conteúdo, acelerando seus próprios gastos com conteúdo, o que lhes permitirá manter o crescimento de assinantes e reduzir a lucratividade materialmente", escreveu o analista da Pivotal, Jeffrey Wlodarczak, em nota a clientes.

As ações da Disney no mês passado foram negociadas a 23 vezes o lucro esperado, a maior avaliação de lucros futuros desde 2004, segundo dados da Refinitiv.

Quarenta e cinco analistas cobrem as ações da Netflix, com meta de preço médio de 410 dólares, abaixo dos 420 dólares no final de junho. Sua meta de preço atual é 60% acima do preço atual da Netflix, de 255 dólares.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.