10 novidades do mercado que você precisa saber

CVC anuncia compra de 51% do Grupo Duotur

São Paulo – Veja o que você precisa saber.

1- Delator da Petrobras cita 28 políticos, diz jornal. Em 80 depoimentos, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa citou 28 nomes que teriam se beneficiado do esquema decorrupção na Petrobras, segundo reportagem publicada pelo jornal “O Estado de S. Paulo” nesta sexta-feira.

2- S&P afirma rating da BM&FBovespa. A agência de classificação de riscos Standard & Poor’s afirmou o rating BBB/A-2 para emissões de longo e curto prazo em escala global da BM&F Bovespa.

3- Ações da Brookfield deixam de ser listadas na BM&FBovespa. A Brookfield Incorporações informou nesta quinta-feira que suas ações deixaram de ser listadas na BM&FBovespa, após a aprovação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para a conversão do registro da companhia de categoria A para B.

4- Petrobras rebate jornal e nega prejuízo ao implementar Rnest. A Petrobras negou que tenha aprovado com prejuízos o projeto de implementação da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em construção em Pernambuco.

5- Carlyle, KKR e Cruzeiro do Sul negociam ativos da Kroton. O Carlyle Group LP e a KKR Co estão entre os fundos e empresas em conversas preliminares para comprar ativos que a Kroton Educacional está vendendo, segundo quatro pessoas com conhecimento do assunto.

6- BRF vai fazer recompra de até R$1 bilhão em ações. O Conselho de Administração da Brasil Foods aprovou nesta quinta-feira programa de recompra de até 1 bilhão de reais em ações.

7- Vale conclui venda de participação na Fosbrasil para a ICL. A mineradora Vale concluiu nesta quinta-feira, 18, a venda de 44,25% do capital total da Fosbrasil, empresa produtora de ácido fosfórico purificado, localizada em Cajati (SP), para a ICL Brasil.

8- CVC anuncia compra de 51% do Grupo Duotur. A operadora e agência de viagens CVC anunciou nesta quinta-feira a compra de 51% do Grupo Duotour por 228 milhões de reais.

9- Não estamos em corrida de Fórmula 1, diz CEO do Carrefour. O presidente do grupo Carrefour, Georges Plassat, falou nesta quinta-feira, 18, sobre o ambiente competitivo no varejo de alimentos do Brasil, descartando que voltar a ocupar a liderança seja a prioridade da companhia.

10- CMN flexibiliza auditorias para instituições financeiras. As instituições financeiras não precisarão fazer relatórios de auditoria interna a cada seis meses. O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou a elaboração dos documentos apenas uma vez por ano.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.