10 notícias para lidar com os mercados nesta quarta-feira

Vale já é a principal exportadora brasileira; além do preço do barril; União e Petrobras discordam sobre volume de reserva

São Paulo – Aqui está o que você precisa saber:

1 – Vale já  é a principal exportadora brasileira. A Vale passou a Petrobras no mês passado e assumiu o posto de maior empresa exportadora brasileira. No acumulado do ano até julho, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, a mineradora exportou US$ 10,143 bilhões, ante US$ 10,139 bilhões em vendas externas da estatal petroleira. As informações são do jornal Folha de São Paulo.

2 – Além do preço do barril, União e Petrobras discordam sobre volume de reserva. A nova divergência entre governo e Petrobras passa a ser  o cálculo do tamanho das futuras reservas de óleo da União que entrarão no negócio. Laudo contratado pela Petrobras aponta volume bem menor de petróleo nas áreas que a União entregará à empresa como sua parte na capitalização da petroleira em relação ao da ANP (Agência Nacional do Petróleo). As informações são da Folha de São Paulo.

3 – Cosan e Shell assinam contratos definitivos para joint venture. A Cosan anuncia ter concluído as negociações com a Shell para a criação de uma joint venture, como anunciada no começo do ano. As companhias assinaram nesta quarta-feira, 25, os contratos definitivos. A associação, em valor estimado de US$ 12 bilhões, envolve ativos de açúcar, etanol, cogeração e distribuição e comercialização de combustíveis no Brasil.

4 – Petrobras tem maior queda em valor de mercado na América Latina. A Petrobras é a empresa de maior queda nominal de valor de mercado entre as companhias de capital aberto da América Latina, segundo levantamento divulgado pela Economática com 751 empresas na região. De acordo com a consultoria, na segunda (23), a Petrobras teve uma queda nominal de US$ 56,177 bilhões em doze meses, ou 28,2% no período estudado.

5 – Vendas de móveis despencam nos Estados Unidos. A venda de imóveis residenciais despencou em julho nos Estados Unidos ao nível mais baixo desde maio de 1995. Analistas e autoridades do Federal Reserve (Fed) afirmavam ontem que o risco da economia americana dar um segundo mergulho e entrar em nova recessão não deve ser descartado.

6 – IPC-Fipe avança para 0,21% na terceira prévia de agosto. A inflação na cidade de São Paulo, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), acelerou-se ligeiramente para 0,21% na terceira quadrissemana de agosto, ante 0,20% na prévia anterior.

7 – Fundos de investimentos se articulam pelo trem bala. O diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo, disse hoje que os principais fundos de pensão de funcionários de estatais do País, como Petros (Petrobrás), Funcef(Caixa) e Previ (Banco do Brasil), querem criar um Fundo de Investimento em Participações (FIP) para entrar no projeto do trem-bala que ligará Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro.

8 – Bolsas da Europa abriram em baixa. As principais bolsas de valores da Europa abriram em baixa nesta terça-feira, depois de terem encerrado o pregão passado em forte queda, puxadas pelos receios em torno da recuperação da economia mundial.

9 – Rating da Irlanda é rebaixado pela S&P. A dor de cabeça financeira da Irlanda piorou nesta quarta-feira após a agência de classificação de risco Standard & Poor’s reduzir sua nota de crédito, em uma medida criticada pela agência de gerenciamento de dívida do país.

10 – Acionistas da Ameristeel aprovam venda para Gerdau. A Gerdau e sua subsidiária canadense Gerdau Ameristeel anunciaram nesta terça-feira que os acionistas da unidade norte-americana aprovaram o plano estruturado que estipula a venda da Gerdau Ameristeel para a Gerdau por 1,7 bilhão de dólares.
 

Siga as notícias do site EXAME sobre Mercados no Twitter. 

Assine a newsletter do Canal de Mercados

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.