Startup aluga imóveis por temporada com direito a mimos e concierge

Com foco em estadias curtas e suporte 24 horas, anyLife cuida da gestão e da locação de apartamentos em bairros concorridos de São Paulo

Fundada no começo deste ano pelo advogado Gustavo Yunes Motta, de 27 anos, o administrador de empresas Henrique Yunes Motta, de 24, e Humberto Guimarães, de 33, um dos co-fundadores da Housi (uma spin-off da Vitacon), a anyLife propõe simplificar os alugueis de imóveis por temporada. “Nosso propósito é facilitar tanto a vida de proprietários quanto de hóspedes de forma inovadora, descomplicada, segura e sem burocracia”, diz Gustavo Yunes Motta.

Os 70 imóveis administrados pela anyLife na cidade de São Paulo têm em comum algumas características, como metragem de até 70 metros quadrados, estrutura de academia, piscina e lavanderia, e a localização em bairros nobres da cidade, como Itaim Bibi, Vila Olímpia e Pinheiros. Para os proprietários, a anyLife oferece toda a gestão do imóvel e cuida não só da locação, como também do pagamento de contas, da limpeza e do suporte ao hóspede. Em contapartida, recebe 18,5% do valor das diárias e 1% sobre todas as contas pagas, entre elas condomínio, IPTU e internet.

“O hóspede paga menos e o proprietário, além de ganhar mais, pode usufruir do seu imóvel sempre que quiser sem nenhum custo”

Gustavo Yunes Mota, sócio da anyLife

Segundo os sócios, a rentabilidade chega a ser 50% maior quando comparada ao modelo tradicional de locação. “O ganho é para as duas partes envolvidas. O hóspede paga menos e o proprietário, além de ganhar mais, pode usufruir do seu imóvel sempre que quiser sem nenhum custo”, diz Gustavo. Os imóveis são anunciados não só na plataforma da startup como em mais de 300 sites, entre eles Booking.com e Airbnb.

Durante a pandemia, a anyLife, que trabalha com um algoritmo programado para precificar a partir de eventos como feriados, assim como a oscilação entre oferta e procura, chegou a reduzir em até 30% os preços. E viu aos poucos, o negócio, que surgiu dois meses antes da pandemia, começar a deslanchar. Em julho, a plataforma fez a reserva de 164 noites. Em setembro, o número subiu para 237. “Usamos essa pausa para nos reestruturarmos”, diz Gustavo. O empurrão veio quando um fundo de investimentos confiou à empresa a reforma, a decoração e a gestão de 23 apartamentos. “Isso nos deu fôlego de caixa para sobreviver nesse momento difícil”.  

Hospedagem sem percalços

Para atrair um número cada vez maior de hóspedes, a anyLife tem investido na experiência do usuário oferecendo suporte 24 horas, acesso ao apartamento por meio de fechadura digital, serviços de limpeza e arrumação, itens de higiene pessoal e roupas de cama e banho. “A partir do próximo mês, todos os apartamentos também contarão com frigobares autônomos”, diz Gustavo.

Segundo ele, o público é bem heterogêneo e vai de executivos a vendedoras que vêm a São Paulo fazer compras em regiões com a do Bom Retiro. “Além de pagar até metade do preço de um hotel, essas pessoas querem se sentir em casa. Unimos comodidade, preço e lifestyle”, diz Gustavo. Mesmo quem aluga pelas plataformas parceiras, diz ele, volta. “Esses hóspedes percebem a infraestrutura preparada para recebe-los e entende que, por trás da estadia, está uma empresa preocupada em proporcionar a melhor experiência possível”.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.