• BVSP 129.441,03 pts -0,5%
  • USD R$ 5,1163 +0,0000
  • EUR R$ 6,1948 +0,0000
  • ABEV3 R$ 18,95 -1,92%
  • BBAS3 R$ 35,36 -0,39%
  • BBDC4 R$ 28,05 -0,36%
  • BRFS3 R$ 29,09 +4,08%
  • BRKM3 R$ 57,45 -3,38%
  • BRML3 R$ 11,27 -2,84%
  • BTOW3 R$ 67,41 -1,04%
  • CSAN3 R$ 25,68 +0,67%
  • ELET3 R$ 45,25 -0,15%
  • EMBR3 R$ 20,93 +4,65%
  • Petróleo US$ 69,88 +0,00%
  • Ouro US$ 1.881,70 +0,00%
  • Prata US$ 28,36 +0,00%
  • Platina US$ 1.152,70 +0,00%

Preços de imóveis voltam a acelerar e sobem 0,9% em novembro

Depois de seguidas desacelerações, valorização dos imóveis volta a ter alta superior a do mês anterior

São Paulo - Depois de alguns meses de desaceleração, os preços dos imóveis voltaram a ter uma modesta aceleração em novembro, com um aumento de 0,9% no valor médio do metro quadrado nas sete regiões pesquisadas pelo Índice FipeZap. A alta foi 0,1 ponto percentual superior à registrada em outubro, que foi de 0,8%. Os dados são do índice FipeZap, um dos principais indicadores do mercado imobiliário, que representa a variação de preços em seis capitais e no Distrito Federal. 

Contrariando a tendência do resultado geral do índice, o Rio de Janeiro apresentou uma desaceleração nos preços, com uma alta de 0,9%, 0,2 ponto percentual menor do que a alta de outubro. Foi a primeira vez em quatro anos - desde setembro de 2008 - que o preço do metro quadrado na cidade aumentou menos do que 1%. 

São Paulo e Salvador registraram a maior alta do mês. Ambas as capitais tiveram um aumento de 1,2% no valor do metro quadrado. A maior queda de preços (-1,0%) foi verificada em Fortaleza. A outra região que apresentou desvalorização foi o Distrito Federal, onde o preço médio do metro quadrado teve queda de 0,2%. Belo Horizonte registrou variação positiva de 1,0% nos preços e Recife teve uma leve alta de 0,4%.

O preço do metro quadrado em novembro nas sete regiões pesquisadas ficou entre 8.527 reais (Rio de Janeiro) e 3.855 reais (Salvador). E na média das sete regiões, o valor do metro quadrado ficou em 6.980 reais. 

No acumulado dos últimos 12 meses, houve uma valorização média de 13,8% nos preços das sete regiões pesquisadas. A alta foi menor do que a registrada nos 12 meses terminados em outubro de 2012 (14,4%) e corresponde à metade da alta dos 12 meses terminados em novembro de 2011, quando os preços dos imóveis haviam subido 27,6%. 

Veja na tabela abaixo a variação dos preços dos imóveis por região, o preço do metro quadrado, a rentabilidade acumulada no ano e nos últimos 12 meses:

Local Variação mensal em novembro de 2012 Variação mensal em outubro e 2012 Preço do metro quadrado (R$) Acumulado em 2012 Acumulado em 12 meses
Composto nacional 0,9% 0,8% 6.980 12,5% 13,8%
Belo Horizonte 1,0% 1,0% 4.899 8,3% 9,1%
Distrito Federal -0,2% -1,1% 8.043 2,5% 2,3%
Fortaleza -1,0% -1,0% 4.785 10,4% 11,1%
Recife 0,4% 1,1% 5.512 17,3% 20,1%
Rio de Janeiro 0,9% 1,1% 8.527 12,8% 15,1%
Salvador 1,2% 0,4% 3.855 7,8% 8,6%
São Paulo 1,2% 1,1% 6.961 14,9% 16,4%

Fonte: Índice FipeZap

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.