• BVSP 107.557,67 pts +0,0%
  • USD R$ 5,6214 +0,0086
  • EUR R$ 6,3345 +0,0070
  • ABEV3 R$ 16,1 +0,00%
  • BBAS3 R$ 32,6 +0,00%
  • BBDC4 R$ 20,95 +0,00%
  • BRFS3 R$ 20,44 +0,00%
  • BRKM3 R$ 66,58 +0,00%
  • BRML3 R$ 7,93 +0,00%
  • CSAN3 R$ 21,97 +0,00%
  • ELET3 R$ 35,14 +0,00%
  • EMBR3 R$ 20,3 +0,00%
  • Petróleo US$ 75,80 +0,48%
  • Ouro US$ 1.786,00 +0,07%
  • Prata US$ 22,42 -0,46%
  • Platina US$ 953,70 +0,39%

Preço médio dos imóveis sobe 0,55% em setembro, diz Fipezap

A medição anterior mostrou avanço de 0,68% em agosto em comparação com julho

Rio de Janeiro - O preço médio do metro quadrado dos imóveis anunciados em 20 cidades teve alta de 0,55 por cento em setembro em relação a agosto, e acordo com o índice FipeZap Ampliado, divulgado nesta sexta-feira.

A medição anterior mostrou avanço de 0,68 por cento em agosto em comparação com julho.

Em setembro, Rio de Janeiro e São Paulo, registraram, cada alta de 0,4 por cento, ligeiramente abaixo do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) esperado para o período, de 0,43 por cento, de acordo com o Boletim Focus, do Banco Central.

No acumulado dos nove meses do ano, o indicador subiu 5,4 por cento, 0,9 ponto percentual acima das expectativas para o IPCA do período, também com base no Focus.

"Pode-se afirmar, portanto, que em média o preço do metro quadrado apresenta pequeno aumento real neste ano, mas em seis cidades os preços já sobem menos do que a inflação", de acordo com comunicado à imprensa. As cidades citadas são Brasília (com recuo de 0,99 por cento no ano), Recife (3,93 por cento), Porto Alegre (3,41 por cento), Curitiba (0,97 por cento), Contagem (3,29 por cento) e Santos (2,49 por cento).

A cidade com o metro quadrado mais caro continua sendo o Rio de Janeiro (10.793 reais), seguida por São Paulo (8.277 reais) e Brasília (8.090 reais). (Por Juliana Schincariol; Edição de Anna Flávia Rochas)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.