Preços de aluguéis sobem mais que a inflação em maio

Apesar de diminuição da aceleração dos preços, valores em todas as capitais registraram altas no mês
Aluguéis: no mês, todas as capitais monitoradas apresentaram elevação nos preços do aluguel (Shutterstock/Shutterstock)
Aluguéis: no mês, todas as capitais monitoradas apresentaram elevação nos preços do aluguel (Shutterstock/Shutterstock)
Por Tales RamosPublicado em 15/06/2022 14:52 | Última atualização em 15/06/2022 15:47Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O preço médio dos aluguéis de imóveis no país subiu 1,7% em maio, resultado que representa uma ligeira desaceleração frente à elevação apurada de 1,84% em abril, segundo o índice FipeZap. A variação superou tanto a inflação registrada no período pelo IPCA (0,47%), quanto a alta registrada pelo IGP-M (0,52%). 

No quinto mês do ano, todas as capitais monitoradas apresentaram elevação nos preços do aluguel, com destaque para Florianópolis (3,54%), Salvador (2,45%), Belo Horizonte (2,39%), Curitiba (2,35%) e Rio de Janeiro (1,91%).

Gostaria de aprender a investir em fundos imobiliários? Acesse aqui o curso gratuito da EXAME Academy em parceria com a B3

Nos últimos 12 meses o índice teve alta de 11,11%. Comparativamente, a variação foi inferior à inflação registrada pelo IPCA/IBGE (11,73%) mas superior a registrada pelo IGP-M/FGV (10,72%). 

Entre as 11 capitais monitoradas, os maiores avanços de preço nos últimos 12 meses foram registrados em Goiânia (26,56%), Florianópolis (24,25%), Fortaleza (22,3%) e Curitiba (19,36%).

Veja também: