• AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
  • AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
Abra sua conta no BTG

Empresas buscam imóveis com mais flexibilidade

A arquitetura corporativa incorpora novas tecnologias e privilegia espaços flexíveis, com maior interação e mais fácil adaptação às mudanças nos negócios
 (Divulgação/Bresco)
(Divulgação/Bresco)
Por Abril Branded ContentPublicado em 02/05/2019 13:00 | Última atualização em 02/05/2019 13:00Tempo de Leitura: 8 min de leitura

Nos próximos anos, serão cada vez mais raros os espaços corporativos organizados em baias individuais ou em estruturas mais difíceis de serem modificadas rapidamente. Esse foi o modelo vigente nas últimas décadas, quando as chamadas estações de trabalho eram fixas e privilegiavam o local do profissional, que tinha de ter à mão tudo o que fosse necessário para realizar o seu trabalho sozinho. Mas a dinâmica atual do mundo corporativo, a crescente preocupação das empresas com conceitos como colaboração e integração e o foco das novas gerações em tecnologia estão mudando isso.

“Há uma tendência mundial de sair desse padrão tradicional e proporcionar maior qualidade de vida e integração aos funcionários por meio de espaços colaborativos e de lazer dentro do ambiente de trabalho”, afirma Mauricio Geoffroy, diretor de desenvolvimento de negócios e marketing da Bresco, empresa especializada em terceirização imobiliária e em locação de galpões e escritórios em todo o Brasil.

A crescente transformação no padrão cultural das companhias e um novo perfil de colaborador, que hoje se importa mais com a tecnologia disponível, são os motores dessa mudança. Com isso, as plantas estão se distanciando das configurações convencionais. “Nossas soluções imobiliárias são desenvolvidas de forma a otimizar os negócios de nossos clientes, e isso demanda cada vez mais flexibilidade. Podemos adaptar o interior do espaço de acordo com a operação de cada ocupante”, explica.

Dessa necessidade de estimular a colaboração e a interação é que surgem os chamados escritórios flex. “São espaços flexíveis, que estimulam a criatividade, a colaboração e a interação entre profissionais de diferentes setores. Nesses ambientes multidisciplinares, membros de diversas equipes podem trocar informações”, conta Geoffroy. O modelo vai mais longe e sua aplicação já pode ser vista também na construção dos galpões flexíveis, que permitem extrapolar o conceito de espaço disruptivo para toda a companhia. “Com plantas abertas e adaptáveis, é possível atender qualquer tipo de empresa e operação, inclusive ocupações mistas entre operacional e administrativo”, afirma.

“São espaços flexíveis, que estimulam a criatividade, a colaboração e a interação entre profissionais de diferentes setores”

Mauricio Geoffroy, da Bresco

Como exigem ambientes mais amplos, as construções flex seguem a tendência de se localizar onde o metro quadrado tem um melhor custo-benefício e as leis de zoneamento permitem o maior número possível de atividades. Também por isso, são oferecidas aos colaboradores todas as opções de transporte e serviços para que possam organizar seu dia a dia ali dentro.

Para todas as demandas

Um dos mais recentes desses espaços é o Flex Viracopos. Empreendimento da Bresco localizado na região de Campinas (SP), o condomínio une a atratividade estética, o conforto e a infraestrutura dos edifícios de escritório à flexibilidade e ao baixo custo dos condomínios de galpões. Ali, é possível encontrar espaços planejados para atender empresas de diferentes segmentos com múltiplas possibilidades de ocupação.

Imóveis Flex

Módulo do Flex Viracopos disponível para locação (Bresco/Divulgação)

O arquiteto da Bresco responsável pelo projeto, Marcus Paulo Giacomini, lembra que o modelo é econômico, prático e customizável. O imóvel está localizado dentro do Parque Corporativo Bresco Viracopos e se alinha também à crescente preocupação das companhias com a sustentabilidade, o que torna o empreendimento um dos mais inovadores para acompanha as novas tendências do mundo corporativo. “O Parque é considerado um imóvel único no Brasil, com infraestrutura completa, diversos prédios e galpões com certificação LEED, usina de energia solar, estação de tratamento de água com uso de membranas ultrafiltrantes, água de reúso, posto para abastecimento de carros elétricos e um programa de controle da fauna e flora da região”, enumera.

A Bresco também pensou na comodidade e bem-estar dos usuários do empreendimento e investiu em uma infraestrutura completa com trilha ecológica para prática de exercícios e caminhadas, bicicletas para facilitar a locomoção dos usuários no empreendimento, hotel e centro comercial com restaurantes e serviços.

Recentemente, a Benteler, empresa alemã especializada no desenvolvimento e manufatura de sistemas e componentes para a indústria automobilística instalou sua sede corporativa no Flex Viracopos. “Nossa busca inicial era por uma nova planta industrial, mas, quando a Bresco nos apresentou o conceito flex, notamos que poderíamos resolver outros problemas”, afirma Roney Coltre, diretor de compras da companhia.

Ele avalia que fatores como a localização, os serviços existentes no local – a disponibilidade de um hotel, por exemplo – e o modelo “chave na mão” foram fundamentais para a escolha. Com isso, a Benteler passou a contar com um espaço de mais de 2 000 metros quadrados, idealizado e construído sob medida pela Bresco para receber os mais de 240 funcionários da sede administrativa.

O arquiteto da Bresco acrescenta que outra vantagem do Flex Viracopos é que, diferentemente do modelo escolhido pela Benteler, existe também a possibilidade de flexibilizar ainda mais o espaço, misturando configurações distintas de escritório ou mesmo utilizar parte do ambiente para logística leve. “Como são espaços altamente flexíveis, é possível catalisar a colaboração e a interação de profissionais de diferentes áreas.”

Internamente, os galpões contam com áreas modulares que podem ser adaptadas, assim como seu acabamento, para servir a variados tipos de uso, como escritórios, laboratórios, call centers, armazéns, centro de treinamentos, data centers, indústrias de montagem ou de alta tecnologia, entre outros. “Eles ainda permitem o aumento de área a partir da expansão dos mezaninos de acordo com a necessidade de cada ocupante”, completa Geoffroy. Além da sede administrativa da Benteler, o Flex Viracopos abriga atualmente as linhas de montagem e os escritórios da Savis Embraer, o centro de treinamento da Fiat/FCA e o centro logístico e os escritórios da UPS e Gollog.

 

Veja Também

Leilão da Caixa: imóveis têm preço médio de R$ 100 mil; veja como participar
Mercado imobiliário
Há 14 horas • 3 min de leitura

Leilão da Caixa: imóveis têm preço médio de R$ 100 mil; veja como participar

Brookfield compra 12 prédios da Br Properties por R$ 5,9 bilhões
Negócios
Há uma semana • 3 min de leitura

Brookfield compra 12 prédios da Br Properties por R$ 5,9 bilhões

Alianza busca R$ 800 milhões para construir na periferia de SP
Mercados
Há uma semana • 4 min de leitura

Alianza busca R$ 800 milhões para construir na periferia de SP

Banco Inter leiloa imóveis que podem ser financiados em 240 parcelas
Mercado imobiliário
Há uma semana • 2 min de leitura

Banco Inter leiloa imóveis que podem ser financiados em 240 parcelas