Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Cyrela e Pininfarina anunciam um dos prédios mais luxuosos de Porto Alegre

No bairro Bela Vista, o edifício de 17 andares teve 60% de suas unidades vendidas em noventa dias

Alçada à fama graças à colaboração com a Ferrari, a Pininfarina se consolidou como um dos estúdios de design mais inventivos do mundo — e para além do mundo do automobilismo. Sua origem remonta ao Lancia Dilambda, que hoje pode ser classificado como um dos carros mais antiquados e caretas da história. No começo do século passado, porém, era sinônimo de futuro e inovação. O modelo marcou o início da Carrozzeria Pinin Farina, fundada pelo italiano Giovanni Battista (1893-1966) em maio de 1930.

A presidência da companhia hoje está nas mãos de Paolo Pininfarina, neto de Giovanni e filho de Sergio Pininfarina (1926-2012), um dos designers mais célebres da empresa — sim, o estúdio virou sobrenome da família fundadora. Atualmente a companhia dispõe de escritórios na Alemanha, na China e nos Estados Unidos, sem contar o italiano. Atuante também na arquitetura e na área de produtos, ela desenvolveu desde trens e iates até empreendimentos vultosos como a Torre de Controle do novo aeroporto de Istambul e o prédio residencial lançado pela Cyrela no Itaim Bibi, em São Paulo, em 2019.

Cyrela by Pininfarina: fachada com traços sinuosos, típicos da Pininfarina

Cyrela by Pininfarina: fachada com traços sinuosos, típicos da Pininfarina (Divulgação/Divulgação)

Uma nova colaboração com a Cyrela — a quinta — foi anunciada neste ano. Em Porto Alegre, no bairro Bela Vista, as duas companhias irão erguer um dos edifícios mais luxuosos da cidade. “Temos uma longa tradição em criar projetos inovadores e que empurram as fronteiras”,  diz Paolo Trevisan, vice-presidente de design da Pininfarina nas Américas. “Este projeto é mais um marco para o nosso escritório na área de arquitetura e uma aposta no design que perdura e cria emoções profundas”.

Com fachada com traços sinuosos, típicos da Pininfarina, o novo empreendimento, de 17 andares, deverá roubar a cena na região. “O edifício foi concebido como uma pilha vertical de casas particulares, envolto em uma espécie de jardim urbano secreto”, resume Samuele Sordi, arquiteto-chefe da Pininfarina nas Américas. “Cada varanda emoldurada permite que os residentes desfrutem de um retiro doméstico totalmente personalizado e ao ar livre”.

Sordi fez de tudo para que os terraços e varandas tragam luz natural para dentro das unidades, o que contribui com o bem-estar dos moradores. A ideia é que cada apartamento ganhe um jardim robusto, ajudando a mitigar as condições climáticas ao redor do prédio. Outro objetivo do empreendimento é favorecer a socialização dos condôminos em um imponente jardim comum.

Com quatro suítes, as unidades dispõem de 333 a 750 metros quadrados e quatro vagas na garagem. Desde que as vendas foram iniciadas, em agosto, 60% do empreendimento foi adquirido. A construção começará no início de 2022. “Estamos muito entusiasmados com a parceria”, diz Rodrigo Putinato, diretor de vendas da Cyrela. “E temos muito orgulho de fazer parte da construção dessa obra-prima no sul do Brasil”.

Novo empreendimento em Porto Alegre: ideia é que cada apartamento ganhe um jardim robusto, ajudando a mitigar as condições climáticas ao redor do prédio

Novo empreendimento em Porto Alegre: ideia é que cada apartamento ganhe um jardim robusto, ajudando a mitigar as condições climáticas ao redor do prédio (Divulgação/Divulgação)

Para quem não sabe se agora é o melhor momento para arrematar um bem desse tipo, Eduardo Zagonel Neves, COO do Banco Bari, lembra que os preços do mercado imobiliário estão aumentando cada vez mais. “O valor do aço triplicou em razão da escassez global de matéria-prima e isso tem levado a reajustes mensais nas tabelas de preços dos apartamentos novos”, explica ele.

Para quem quer fechar negócio, uma das formas de se capitalizar é o chamado home equity, do qual o Bari é o principal operador no país e um dos responsáveis por difundi-lo. Também conhecido como crédito com garantia de imóvel (CGI), permite que você consiga até 60% do valor da sua propriedade.

Você só precisa ter uma casa, apartamento ou ponto comercial e oferecer o bem como garantia — os imóveis não precisam ter sido quitados. A propriedade continua sendo sua e você pode continuar a utilizá-la, seja para morar ou alugar. E o valor recebido pode ser usado tanto para o pagamento de dívidas como para reformas e até para a compra de um novo apartamento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também