Mercado imobiliário

Após lucro aumentar 85%, Cyrela lança imóvel com vista para ‘mar’ na cidade de SP

Incorporadora acelerou o número de lançamentos no trimestre e viu lucro crescer com foco de criar demanda para o segmento de alto padrão

Cyrela: 'os projetos mais ousados lançados pela Cyrela foram em momentos críticos da economia', diz Efraim Horn (Cyrela/Divulgação/Divulgação)

Cyrela: 'os projetos mais ousados lançados pela Cyrela foram em momentos críticos da economia', diz Efraim Horn (Cyrela/Divulgação/Divulgação)

Karla Mamona
Karla Mamona

Editora de Finanças

Publicado em 15 de agosto de 2023 às 16h08.

Última atualização em 15 de agosto de 2023 às 16h09.

Ter um imóvel em frente ao mar na cidade de São Paulo pode até soar estranho, mas não será impossível. É o que promete a Cyrela, incorporadora e construtora, em seu novo empreendimento. Localizado no bairro do Brooklin, zona sul da capital paulista, o prédio terá vista para marginal Pinheiros onde será possível ver a praia artificial do São Paulo Surf Club, que está sendo construído pela JHSF e deve ficar pronto no próximo ano.

O empreendimento “pé na areia” tem um conceito futurista, mas remete a um prédio lançado há 20 anos pela Cyrela na mesma região. “Em 2002, quando lançamos o Mandarim, o Brooklin já era uma região comercial muito densa e pensamos em fazer um prédio residencial para que as pessoas pudessem morar perto e que fosse um ‘oasis’ em meio a selva. Com 142 metros de altura, ele está até hoje entre os maiores prédios de São Paulo. Agora, lançamos o Mandarim: The Legend. É uma releitura, mas pensando no futuro. Queremos mais uma vez estar à frente”, afirma Efraim Horn, co-presidente da Cyrela, em entrevista à EXAME Invest.

Segundo o executivo, o prédio será contruído no último terreno disponível na quadra. Muito próximo ao edifício Torre Z e ao hotel Hyatt. O empreendimento terá 120 metros e ficará pronto em meados de 2027. Entre os destaques está a área de lazer, que será possível chegar por meio de um 'ponte flutuante', e que levará a piscina e a quadra de beach tennis.

Lucro 85% maior

O lançamento retrata exatamente a estratégia que ajudou a Cyrela ter um resultado financeiro melhor do que esperado pelo mercado. No segundo trimestre deste ano, a Cyrela teve lucro líquido de R$ 279 milhões, um crescimento de 85% sobre o mesmo período do ano passado e de 71% sobre o reportado no primeiro trimestre deste ano. A receita líquida da atingiu R$ 1,6 bilhão no período, alta de 31% sobre o segundo trimestre do ano passado e de 27% ante o primeiro trimestre deste ano.

O foco tem sido lançar empreendimentos icônicos com níveis razoáveis ​​de acessibilidade em bairros com oferta limitada de projetos diferenciados. Os apartamentos que serão vendidos no Brooklin têm entre 88 e 145 metros quadrados e o valor do metro quadrado no lançamento é de R$ 17 mil, ou seja, morar próximo da praia de SP custará no mínimo R$ 1,5 milhão.

(Cyrela)

Sem medo da taxa de juros

Focada no segmento de alto padrão, a taxa de juros alta parece que não assusta a Cyrela. “Nosso proposto é encantar vidas e isso não pode depender da taxa de juros e da economia. Nos esforçamos para encontrar terreno e criar produtos que criam estilo de vida. A compra de um apartamento não está ligada apenas a metragem, a taxa de juros e ao preço. No volume final, isso influencia apenas 25%. Os outros 75% independente do ciclo da economia.”

Horn lembra que os projetos mais ousados lançados pela Cyrela foram em momentos críticos da economia brasileira. Um deles foi o empreendimento Pininfarina, em 2014, cujo metro quadrado era de R$ 26.500.“Depois lançamos o One Sixty e Heritage. Estes três produtos foram lançados nos piores anos do Brasil. Nós criamos a demanda. Não enxugamos a demanda. A pessoa compra aquilo que ela não estava procurando. Quando ela vê o projeto e o terreno, a pessoa quer. Isso chama criar a demanda."

Antes do Mandarim: The Legend, a Cyrela lançou, em junho, o Sky Cyrela by Yoo, em Perdizes e vendeu, segundo o executivo, 250 unidades em 30 dias, por cerca de R$ 16.500 o metro quadrado. Além desse empreendimento, a Cyrela lançou mais 16, totalizando um Valor Geral de Vendas total de R$ 2,7 bilhões.

Veja também

Acompanhe tudo sobre:CyrelaImóveismercado-imobiliario

Mais de Mercado imobiliário

Saiba quais são as ruas mais caras de São Paulo – uma delas fica na Zona Leste

Mercado aquecido: proprietários aumentam preço dos anúncios além do que é efetivamente vendido

O que é seguro fiança? Vale a pena?

Como é morar no Jardim América? Conheça esse bairro refinado

Mais na Exame