A página inicial está de cara nova Experimentar close button

ONG ganha ajuda de prisioneiros para captar doações no Peru

São Paulo - A Fundação Peruana de Câncer precisava de uma ideia nova para a campanha de arrecadação de fundos para as crianças – nos anos anteriores, a meta não conseguiu ser batida.

Todos os anos, voluntários saiam às ruas com latinhas pra arrecadar fundos. Mas em 2013, a ONG decidiu fazer a campanha em um presídio. No local, considerado por muitos cenário de "pessoas sem coração”, nasceu a "Searching for hearts" (procurando por corações, numa tradução livre), ação criada pela agência de publicidade Mayo Draftfcb FCB.

O destino escolhido foi a Penitenciária Castro Castro, a mais perigosa do Peru. A ideia era conversar com alguns detentos, que ficaram encarregados de angariar doações com seus colegas de cela, familiares e conhecidos. A surpresa? A arrecadação superou todas as expectativas. Confira o resultado no vídeo (as legendas estão em inglês).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também