Em Minority Report, anúncios fazem reconhecimento facial

No Sci-Fi Minority Report (2002), dirigido por Spielberg, Tom Cruise vive em 2054, em um mundo futurista em que a publicidade literalmente salta em cima das pessoas e grita seus nomes. É o recente conceito de marketing contextual.

Em uma cena, o personagem caminha entre anúncios holográficos que instantaneamente o "reconhecem", chamando-o pelo nome para oferecer uma cerveja gelada, como Guinness, por exemplo, ou um carro. No caso, um Lexus da Toyota.

Assim como para "Eu, Robô", a Audi desenvolveu um carro exclusivo para as gravações de Minority Report. O mesmo Lexus 2054 também foi utilizado depois, nas gravações de "A Ilha", porém na cor azul. Além da Audi, a marca Bvlgari aparece várias vezes em closes. Também investiram no filme Aquafina e The Gap.

Leia mais notícias sobre marketing

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.