Livros infantis e gibis digitais são disponibilizados gratuitamente

Sete livros do projeto Leia para Uma Criança e 180 gibis da Turma da Mônica são opção para entreter as crianças durante a pandemia do novo coronavírus.

Por conta do isolamento social, recomendado para evitar a propagação da covid-19, as crianças ficam em casa — e muitas vezes junto com os pais que estão de home office.

Para ajudar a entreter os pequenos, algumas empresas disponibilizaram conteúdo online gratuito. Uma delas é o Itaú, que por meio do projeto Leia para Uma Criança, envia livros via WhatsApp.

Sete títulos da coleção digital estão disponíveis na ação. Para receber os livros no celular, basta enviar uma mensagem para o número (11) 98151-1078.

Os usuários recebem a opção de baixar apenas um título ou os sete. Em formato PDF, eles podem ser compartilhados com outros contatos.

Desde a última sexta-feira, quando a inciativa foi lançada, 2,8 milhões de livros foram entregues para 565 mil pessoas. Na primeira etapa de distribuição de livros infantis do Leia para uma Criança pelo WhatsApp, feita no segundo semestre de 2019, mais de 800 mil pessoas acessaram o robô e 2,6 milhões de downloads foram feitos.

A ação é uma parceria entre Itaú Unibanco e Fundação Itaú Social, que distribuem, todos os anos, livros físicos gratuitos por meio do Leia para uma Criança; a Take, líder brasileira no mercado de chatbots e contatos inteligentes, responsável pelo desenvolvimento do bot; a agência DPZ&T e o Facebook.

Os títulos disponíveis são: “O Cabelo da Menina”, de Fernanda Takai; “Meu Amigo Robô”, de Giselda Laporta Nicolelis; e “As Bonecas da Vó Maria”, de Mel Duarte – parte da coleção “Garotas Incríveis”, escritas e ilustradas por mulheres – além de “A canção dos pássaros“, de Zeca Baleiro; “Azizi, o Menino viajante“, de Conceição Evaristo; “A Menina das Estrelas“, de Tulipa Ruiz, e “O Menino e o Foguete”, de Marcelo Rubens Paiva.

A Maurício de Sousa Produções, empresa responsável pelas crianções da Turma da Mônica, também está liberando conteúdos digitais de graça.

Até dia 25 de abril é possível baixar 188 gibis mesmo não sendo assinante do aplicativo Banca da Mônica, disponível para Android e iOS.

O pacote chamado Gibis Históricos reúne algumas das marcantes edições lançadas desde a década de 1950 até hoje, entre elas a primeira revistinha da Mônica, de 1970.

No serviço tradicional do aplicativo, novos títulos são adicionados mensalmente. Os planos de assinatura variam entre R$ 3,50 e R$ 24,90.

 

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.