Marketing

GVT diz que não pretende entrar na disputa por direitos do futebol

A GVT negou interesse na aquisição de direitos esportivos para o Campeonato Brasileiro

Um consórcio de teles para analisar a compra dos direitos e eventualmente fazer um lance pelo Campeonato Brasileiro, dizem fontes (Renato Pizzutto/Placar)

Um consórcio de teles para analisar a compra dos direitos e eventualmente fazer um lance pelo Campeonato Brasileiro, dizem fontes (Renato Pizzutto/Placar)

DR

Da Redação

Publicado em 24 de fevereiro de 2011 às 21h41.

São Paulo - A GVT, por meio de sua assessoria de imprensa, entra em contato com este noticiário para esclarecer que não está negociando a aquisição de direitos esportivos para o Campeonato Brasileiro nem pretende fazê-lo. Segundo a assessoria, isso não seria possível inclusive porque, pelo formato regulatório que está sendo proposto no PLC 116/2010, em tramitação no Senado, as teles não poderiam participar da disputa por direitos.

Este noticiário apurou junto a fontes de mercado que houve conversas nesse sentido e que está sendo articulada, pela Oi, a formação de um consórcio de teles para analisar a compra dos direitos e eventualmente fazer um lance pelo Campeonato Brasileiro. Ao que tudo indica, a GVT deve ficar fora.

Acompanhe tudo sobre:CopyrightEsportesFutebolTelevisãoTV

Mais de Marketing

Como se antecipar e identificar tendências de mercado antes da concorrência?

Pizza Hut dará pizza grátis para quem tiver tatuagem da iguaria

PMEs aumentam investimento em publicidade e veem alta na aquisição de novos clientes

Stanley dobra aposta na Geração Z e lança copo Quencher com Olivia Rodrigo

Mais na Exame