Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:
seloMarketing

Conar pede que Axe altere anúncio no Facebook

Veiculada na fan page da marca, peça foi considerada ofensivo às mulheres

Modo escuro

Continua após a publicidade
Axe: marca de desodorantes terá de alterar anúncio (Divulgação)

Axe: marca de desodorantes terá de alterar anúncio (Divulgação)

C
Cris Simon

Publicado em 18 de setembro de 2012 às, 16h12.

São Paulo - O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) pediu que a marca Axe, da Unilever, altere uma peça publicitária veiculada em sua fan page brasileira no Facebook.

O anúncio, que promove as versões prateada e preta do desodorante, foi publicado no dia 1º de agosto deste ano e traz uma imagem com dezenas de mulheres de biquíni deitadas ao redor de um homem, acompanhada da frase "Misture-os e acumule mulheres".

A representação no Conar foi aberta depois que 12 consumidoras de diferentes partes do Brasil, entre elas, São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Salvador e Fortaleza, enviaram queixas ao órgão, considerando o anúncio ofensivo e desrespeitoso às mulheres.

Em sua defesa, segundo o Conar, a Axe argumentou que o anúncio leva em conta a idade mínima permitida para que os usuários do Facebook possam usar a rede social, que é de 18 anos. Além disso, a marca explicou que os anúncios foram criados com linguagem bem-humorada e jovial, condizente com o público a que são destinados.

O Conar não acatou os argumentos da marca e pediu a alteração da peça por considerar ofensiva não a imagem, mas a palavra "acumule" utilizada no anúncio.


De acordo com o órgão, a mudança está especialmente associada ao uso do termo, que, no contexto do anúncio, "coisifica" a mulher dando a ela a impressão de ser um objeto.

O lado da Unilever

Procurada por EXAME.com, a Unilever afirmou que não foi comunicada oficialmente sobre o parecer final do Conar, o que aguarda para tomar as providências necessárias. Leia a nota de esclarecimento da empresa, na íntegra: 

"Seguindo sua política de transparência e respeito aos públicos envolvidos, a Unilever, por meio de sua marca AXE, informa que não foi comunicada oficialmente sobre o parecer final do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR) em relação à peça publicitária veiculada em sua fan page brasileira do Facebook, o que aguarda para tomar as providências necessárias. 

É importante ressaltar que o processo em questão não se refere à campanha da marca e sim a uma única peça publicitária.  

A Unilever reforça seu compromisso com as normas e regulações do setor publicitário brasileiro, com o qual sempre esteve alinhada." 

"Até os anjos cairão"

No ano passado, a marca teve um anúncio suspenso na África do Sul, depois que um telespectador se sentiu ofendido. O comercial mostrava anjas caindo do céu graças ao poder do desodorante da marca.

"O problema não é tanto que anjos sejam usados no comercial, mas sim que sejam vistos como perdidos, ou talvez renunciem ao seu estado celestial por desejos mortais", disse o órgão regulador ao acatar a reclamação.

Assista ao vídeo

*Atualizada às 16h09min de 18 de setembro de 2012.

Últimas Notícias

Ver mais
CCXP23: 10ª edição do festival bate recorde de marcas participantes

seloMarketing

CCXP23: 10ª edição do festival bate recorde de marcas participantes

Há 8 horas

Efeito Taylor Swift: O que a cantora tem a ensinar para as marcas?

seloMarketing

Efeito Taylor Swift: O que a cantora tem a ensinar para as marcas?

Há 2 dias

Campanha da Rede Longevidade, criada por Leo Burnett, chama a atenção para o etarismo no trabalho

seloMarketing

Campanha da Rede Longevidade, criada por Leo Burnett, chama a atenção para o etarismo no trabalho

Há 2 dias

"Caso Taylor Swift e uma nova visão de negócio, mais empática e generosa"

seloMarketing

"Caso Taylor Swift e uma nova visão de negócio, mais empática e generosa"

Há 5 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Veículo de luxo financiado? Entenda por que essa pode ser uma boa opção

Veículo de luxo financiado? Entenda por que essa pode ser uma boa opção

Mercado Livre de Energia inaugura uma nova era para as PMEs

Mercado Livre de Energia inaugura uma nova era para as PMEs

O que as lideranças devem ter no radar para 2024, segundo o CEO da Falconi

O que as lideranças devem ter no radar para 2024, segundo o CEO da Falconi

Feirão oferece taxas a partir de 1,18% na compra de veículos
Minhas Finanças

Feirão oferece taxas a partir de 1,18% na compra de veículos

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais