Burger King cria experimento poderoso sobre bullying

Campanha do Burger King mostra reação diante de casos de bullying

São Paulo - Bullying: muitos já passaram por xingamentos e humilhações na escola ou no colégio.

Uma nova campanha do Burger King nos Estados Unidos resolveu falar desse problema. Por lá, 30% das crianças passam por isso todos os anos.

No vídeo estilo "experimento social", meninos atores fingiam passar por uma situação de bullying em um restaurante da marca.

Muitos consumidores observavam a cena. Preocupados ou indignados, mas apenas observavam.

Para eles, era servido um Whopper Jr. esmagado (que "tinha sofrido bullying" por parte do atendente que preparara o lanche na cozinha).

Claro: todos reclamavam do lanche destruído. 95% foram ao balcão reclamar. Mas apenas 12% dos clientes que viram a cena de bullying intervieram.

O final é emocionante, com adultos e jovens adultos conversando com os agressores e também com o menino vítima da situação.

Ao final a frase "No Jr. deserves to be bullied": nenhum Jr. merece sofrer bullying - fazendo paralelo entre o garoto e o lanche.

Assista com legendas em português:

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.