Bombril é punida pelo Conar após caso de esponja Krespinha

A entidade de autorregulamentação publicitária recebeu mais de 1.800 queixas e tomou decisão por unanimidade
 (Twitter/Reprodução)
(Twitter/Reprodução)
Por Da RedaçãoPublicado em 19/08/2020 11:26 | Última atualização em 19/08/2020 11:26Tempo de Leitura: 1 min de leitura

A fabricante de produtos de limpeza Bombril teve a propaganda do produto Krespinha suspensa pelo Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária). 

Em junho, após internautas apontarem racismo no produto e na publicidade, a entidade de regulação recebeu mais de 1.800 queixas, resultando na sustação agravada por advertência ao anunciante, com unanimidade na decisão.

O produto existente desde 1952, foi retirado das lojas, segundo a Bombril, que se posicionou e afirmou “rever toda a comunicação da companhia".