• AALR3 R$ 20,15 -0.74
  • AAPL34 R$ 67,35 -0.01
  • ABCB4 R$ 16,54 -0.66
  • ABEV3 R$ 14,00 -0.92
  • AERI3 R$ 3,57 -1.11
  • AESB3 R$ 10,86 2.26
  • AGRO3 R$ 30,93 -0.58
  • ALPA4 R$ 21,43 2.88
  • ALSO3 R$ 19,02 0.05
  • ALUP11 R$ 27,10 -0.77
  • AMAR3 R$ 2,52 5.00
  • AMBP3 R$ 31,00 2.31
  • AMER3 R$ 21,89 -4.33
  • AMZO34 R$ 65,21 2.26
  • ANIM3 R$ 5,47 2.05
  • ARZZ3 R$ 79,20 -0.75
  • ASAI3 R$ 15,65 -1.57
  • AZUL4 R$ 20,07 -3.00
  • B3SA3 R$ 11,89 -1.08
  • BBAS3 R$ 37,43 -0.98
  • AALR3 R$ 20,15 -0.74
  • AAPL34 R$ 67,35 -0.01
  • ABCB4 R$ 16,54 -0.66
  • ABEV3 R$ 14,00 -0.92
  • AERI3 R$ 3,57 -1.11
  • AESB3 R$ 10,86 2.26
  • AGRO3 R$ 30,93 -0.58
  • ALPA4 R$ 21,43 2.88
  • ALSO3 R$ 19,02 0.05
  • ALUP11 R$ 27,10 -0.77
  • AMAR3 R$ 2,52 5.00
  • AMBP3 R$ 31,00 2.31
  • AMER3 R$ 21,89 -4.33
  • AMZO34 R$ 65,21 2.26
  • ANIM3 R$ 5,47 2.05
  • ARZZ3 R$ 79,20 -0.75
  • ASAI3 R$ 15,65 -1.57
  • AZUL4 R$ 20,07 -3.00
  • B3SA3 R$ 11,89 -1.08
  • BBAS3 R$ 37,43 -0.98
Abra sua conta no BTG

Além do aluguel: QuintoAndar muda marca e reforça apelo sobre moradia

Startup supera a marca de R$ 80 bi em ativos sob gestão e lança campanha nacional para se posicionar como referência para moradia e bem-estar
Gabriel Braga (à esq.) e André Penha, fundadores do QuintoAndar: plataforma quer se firmar como destino final para moradia | Foto: Germano Lüders/EXAME (Exame/Germano Lüders)
Gabriel Braga (à esq.) e André Penha, fundadores do QuintoAndar: plataforma quer se firmar como destino final para moradia | Foto: Germano Lüders/EXAME (Exame/Germano Lüders)
Por Marcelo SakatePublicado em 18/01/2022 00:02 | Última atualização em 08/02/2022 09:29Tempo de Leitura: 5 min de leitura

Já faz alguns anos que startups assumiram um papel de destaque, para não dizer protagonismo, no dia-a-dia das pessoas. Além do uso da tecnologia para levar disrupção e popularizar novos serviços em áreas tão diversas como mobilidade urbana e hospedagem de temporada, para ficar nos casos hoje consagrados do Uber e do Airbnb, respectivamente, algumas empresas de tecnologia "novatas" alcançam um status de admiração e entram no ideário das pessoas pelo que representam.

É nesse contexto que o QuintoAndar, startup que tem a maior plataforma de aluguel, compra e venda de imóveis no país e que foi pioneira no mercado doméstico com sua proposta de digitalização e redução da burocracia na locação, anuncia ao mercado nesta terça-feira, dia 18, uma nova marca e um novo posicionamento. O objetivo: refletir o propósito de valorização do conceito de moradia, atrelado ao bem-estar e à história das pessoas.

"O problema essencial que buscamos resolver para o nosso cliente é como morar bem. Pode ser alugando, comprando, com o pacote completo ou só com crédito imobiliário ou garantia locatícia. E isso precisa de uma marca, de um guarda-chuva maior que abarque tudo isso. É uma evolução natural que isso aconteça com a percepção de marca", afirmou Gabriel Braga, CEO e cofundador do QuintoAndar, à EXAME Invest.

O empreendedor disse que há ainda um desejo de tornar a marca mais aspiracional. "É o sonho de toda marca que ela se torne parte da vida das pessoas e sinônimo de algo que se conecta com essas vidas. No nosso caso, estamos falando de moradia, que toma uma parte considerável da emoção e do bem-estar das pessoas", afirmou.

"Queremos nos tornar sinônimos de morar bem, de uma marca que abre portas para esse estilo de vida."

A nova marca (ver abaixo), que é a letra Q estilizada fazendo alusão a uma porta aberta, consolida em uma campanha de marketing um reposicionamento que, de certa forma, já vinha tomando forma desde 2020 e que ganhou tração no último ano.

Aprenda como investir seu dinheiro para realizar o sonho da casa própria! Comece agora.

Novo logo do QuintoAndar, maior plataforma digital de aluguel, compra e venda de imóveis do país

Novo logo do QuintoAndar, maior plataforma digital de aluguel, compra e venda de imóveis do país (QuintoAndar/Divulgação)

Mais de R$ 80 bilhões em ativos

O carro-chefe do QuintoAndar continua a ser a operação de aluguel, com a qual se consagrou e se tornou referência no mercado doméstico: são mais de 80 bilhões de reais em ativos sob gestão e mais de 150.000 contratos de aluguel ativos, o que, em uma conta de chegada, representa cerca de 500.000 pessoas que moram por meio da startup.

No ano passado, a startup se posicionou como uma das quatro mais valiosas da América Latina, avaliada em 5,1 bilhões de dólares, após rodada Series E em que levantou ao todo 420 milhões de dólares.

"O aluguel vai continuar com um papel muito importante no nosso portfólio e vai crescer mais, porque o nosso tamanho ainda é pequeno diante do tamanho desse mercado e porque há uma tendência de procura das pessoas por mais flexibilidade ao decidir onde morar", disse Braga, que fundou a startup em 2013 junto com André Penha.

Mas a frente de negócios de compra e venda, por exemplo, cresceu nove vezes em 2021. Foi o ano também em que o QuintoAndar passou a atender clientes de todo o país por meio da ATTA Franchising, que atua com crédito imobiliário, e da Velo, que oferece garantia locatícia, ambas adquiridas no segundo semestre.

Foi um passo de expansão geográfica além das mais de 50 cidades em que está presente por meio de seu marketplace de aluguel, compra e venda.

Braga disse que a nova campanha não representa no momento a entrada em nenhuma nova área de atuação relacionada ao tema da moradia, ainda que essa expansão deva ocorrer ao longo do ano dentro da estratégia de negócios.

O novo posicionamento do QuintoAndar não altera tampouco as marcas e as operações das empresas adquiridas nos últimos meses, como Imovelweb, ATTA Franchising, Velo, Casa Mineira e SíndicoNet, entre outras.

Segundo o CEO da startup, um dos objetivos do reposicionamento e da campanha é reforçar também a captação de cliente, replicando em outras regiões o forte apelo já consolidado em São Paulo, maior mercado do país.

Haverá campanha nacional em TV aberta a partir do próximo domingo, dia 23, além de patrocínio a partir de março da edição deste ano do BBB -- será a estreia de uma empresa do setor imobiliário no reality show da Globo.

O chamado recall da marca, que é a lembrança espontânea, já faz hoje o QuintoAndar estar associado a 40% das buscas relacionadas a moradia que mencionam o nome de alguma empresa, segundo a startup.

"Isso se deve muito à autenticidade do QuintoAndar como uma empresa que soluciona os problemas das pessoas. É algo que se expande no boca-a-coca", disse Braga.

Questionado sobre as demais estratégias para o ano que começa, o empreendedor faz a ponderação de que o cenário macro, com eleições e juros mais altos, talvez não permita um crescimento do mercado como no ano passado. Mas destaca que ainda enxerga muitas oportunidades dentro da própria dinâmica do setor imobiliário.

"Estamos sempre mais focados na forma como o mercado funciona. E ainda há muito trabalho para desburocratizá-lo e torná-lo mais líquido [com número maior de transações]. É um trabalho de muitos anos pela frente."