• BVSP 117.669,90 -0,5%
  • USD 5,6926 +0,0000
  • EUR 6,7616 +0,0000
  • ABEV3 15,43 -0,13%
  • BBAS3 29,27 +0,55%
  • BBDC4 25,25 +0,04%
  • BRFS3 23,91 -1,97%
  • BRKM3 43,57 -0,98%
  • BRML3 9,95 +1,95%
  • BTOW3 62,7 -0,85%
  • CSAN3 89,25 -0,45%
  • ELET3 35,45 -1,50%
  • EMBR3 16,02 -0,37%
  • Petróleo 59,31 +0,00%
  • Ouro 1.748,70 +0,00%
  • Prata 26,19 +0,00%
  • Platina 1.209,30 +0,00%

Via Varejo afunda 6% em meio a corte de recomendação e preço-alvo pelo JPMorgan

Banco elevou, por outro lado, o preço-alvo de Magazine Luiza, que é apontada como a preferida no setor de e-commerce; a classificação dos papéis MGLU3 foi mantida em compra

As ações da Via Varejo (VVAR3) caem 5,78% nesta terça-feira, 2, aparecendo como segunda maior queda do Ibovespa, após analistas do JPMorgan cortarem a recomendação dos papéis de overweight, equivalente a compra, para neutra, em meio a expectativas mais baixas de volume bruto de mercadorias (ou GMV, na sigla em inglês).

Quer receber renda extra com dividendos? Saiba aqui como ter acesso à lista da EXAME Invest PRO com as melhores pagadoras de dividendos da Bolsa

O preço-alvo para as ações também foi reduzido de 21,00 reais para 13,00 reais ao fim deste ano,  o que implica em um potencial de valorização de 7,34% frente ao fechamento de ontem.

Por outro lado, eles mantiveram a recomendação de Magazine Luiza (MGLU3), que registrava no mesmo horário queda de 2,69% na Bolsa, em overweight, assim como os papéis como seus preferidos no setor de e-commerce no país. Para a classificação, eles citam uma sólida expectativa de crescimento do GMV, apesar das altas comparações adicionadas às melhorias contínuas na experiência do consumidor, enquanto a iniciativa de fintech continua com um risco positivo para o case.

Incorporando melhores perspectivas de expansão para a empresa, eles aproveitaram para revisar o preço-alvo para os papéis MGLU3, elevando a meta de 29,00 reais para 34,00 reais, o que representa um potencial de alta de 38,49% frente ao fechamento de segunda-feira.

"Acreditamos que o principal foco no curto prazo e os drivers da ação deve continuar no crescimento do GMV e em estratégias para permitir sua sustentabilidade, enquanto continuamos a ver os investidores mais seletivos em suas escolhas de ações", comentaram.

Em ordem de preferência no setor de e-commerce brasileiro, eles citam os papéis de Magazine Luiza (MGLU3), seguidos por Lojas Americanas (LAME4), B2W (BTOW3) e Via Varejo (VVAR3).

Também no radar da Via Varejo, investidores aguardam ainda para esta noite, após o fechamento do pregão, a divulgação do balanço do quarto trimestre. Na próxima quarta-feira, 3, será a vez de Magazine Luiza reportar seus números.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.