Tem ações da Petrobras? EXAME Invest Pro recomenda vender os papéis

Equipe de analistas da EXAME Invest Pro afirma que a substituição do diretor presidente da última semana quebra a confiança dos investidores

Após a interferência do governo na Petrobras, a equipe de analistas da EXAME Invest Pro recomendou a venda das ações da companhia. A recomendação divulgada em relatório nesta segunda-feira, 22, é da venda completa dos papéis preferenciais da estatal. A carteira Exame Pro Invest tinha 7% alocado em PETR4

Bruno Lima, analista da casa, explicou que a tese em investimento em Petrobras oferecia três pilares em criação de valor: crescimento da produção sustentava por ativos do pré-sal de alta qualidade, desalavancagem sustentada pela alocação racional de capital, que envolveu a venda de ativos e uma política de dividendos coerente, além da redução do risco político com base na independência para buscar a paridade de preços internacionais e vender 50% da capacidade de refino.

“Estes últimos liberariam a empresa do fardo político de longa data de controlar os preços dos combustíveis. Com os acontecimentos dos últimos dias culminando na decisão do acionista controlador de solicitar a substituição do diretor presidente, não temos mais a confiança que estes pilares permanecerão.”

O analista afirma ainda que no último valuation realizado a EXAME Invest Pro acredita que era possível negociar com um múltiplo alvo a 5,5 EV/EBITDA, ou seja  o valor econômico da empresa (EV) equivale a cerca de cinco anos e meio de geração de caixa medida pelo Ebitda.

Agora, os analistas apontam que o mercado não irá pagar o múltiplo acima do corrente (4,5x EV/EBITDA). Neste caso, o preço estimado da ação é de 27 reais. Na análise anterior, era de 36,9 reais. 

Ações do BB

A decisão do governo também pesou na decisão de papéis na carteira de outra estatal, do Banco do Brasil. A equipe de analistas também recomenda a venda dos papéis da BB. “Nossa justificativa segue a mesma linha que a Petrobras. Perda de confiança na decisão das melhores práticas para gerar valor para o acionista.”

Lima disse ainda que estão aumentando o risco específico em 1% e utilizando como premissa um ROE (Retorno sobre o Patrimônio Líquido) estrutural de 12,5%. “Nosso preço-alvo é de 34,9 reais.” 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.