• BVSP 117.669,90 -0,5%
  • USD 5,6926 +0,0000
  • EUR 6,7616 +0,0000
  • ABEV3 15,43 -0,13%
  • BBAS3 29,27 +0,55%
  • BBDC4 25,25 +0,04%
  • BRFS3 23,91 -1,97%
  • BRKM3 43,57 -0,98%
  • BRML3 9,95 +1,95%
  • BTOW3 62,7 -0,85%
  • CSAN3 89,25 -0,45%
  • ELET3 35,45 -1,50%
  • EMBR3 16,02 -0,37%
  • Petróleo 59,31 +0,00%
  • Ouro 1.866,70 +0,00%
  • Prata 25,34 +0,00%
  • Platina 1.208,00 +0,00%

Para Bill Gates, países ricos devem comer apenas carne sintética

Em seu novo livro, Bill Gates faz sugestões para enfrentar a crise climática, com foco em soluções de tecnologia

Em seu novo livro, Bill Gates defende que os países ricos devem consumir apenas carne sintética para enfrentar a crise climática. Em "How to Avoid a Climate Disaster", publicado esta semana, o fundador da Microsoft oferece um guia sobre como reduzir o aquecimento global, com foco em soluções de tecnologia.

As empresas do futuro estão aqui. Conheça os melhores investimentos em ESG na EXAME Research

Em entrevista, o filantrópico reconheceu que combater as emissões da agricultura, em particular da pecuária, é um dos problemas climáticos mais difíceis de resolver e, para isso, os países desenvolvidos deveriam rever seus hábitos alimentares.

“Não acho que os 80 países mais pobres comerão carne bovina sintética. Eu realmente acho que todos os países ricos deveriam mudar para carne 100% sintética ”, disse ele, acrescentando que o "sabor será ainda melhor com o tempo”.

Apesar de considerar a mudança da carne bovina para uma proteína alternativa seja possível para nações ricas e de renda média, seria politicamente desafiador.

Existem cerca de 1,4 bilhão de bovinos no planeta, constituindo a segunda maior fonte de emissões de gases de efeito estufa agrícolas, depois do desperdício de alimentos. Junto com outros animais de pasto, o gado representa cerca de 40% do orçamento anual global de metano, de acordo com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação.

Gates disse que, embora haja inovações na alimentação que levem as vacas a produzir menos metano, não será uma redução significativa o suficiente.

O bilionário americano também enfatizou que a inovação tornará mais barato e viável para todas as nações cortar ou prevenir as emissões. Entre as soluções apresentadas está o alto preço do carbono, padrões de eletricidade limpa e combustível limpo e grande financiamento de pesquisa. O livro também sugere que os governos quintupliquem seus investimentos em tecnologia limpa, que somariam US$ 35 bilhões nos Estados Unidos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.