Invest

Vale (VALE3) fará recompra de até 500 mi de ações; é hora de investir?

A Vale aprovou um novo programa de recompra de ações estimado em até R$ 41 bilhões; analista comenta se vale a pena investir

A Vale aprovou um novo programa de recompra de ações estimado em até R$ 41 bilhões; analista comenta se vale a pena investir (Divulgação/Divulgação)

A Vale aprovou um novo programa de recompra de ações estimado em até R$ 41 bilhões; analista comenta se vale a pena investir (Divulgação/Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 29 de abril de 2022 às 11h20.

Última atualização em 29 de abril de 2022 às 12h29.

Este conteúdo é patrocinado e apresentado por Vitreo.

A Vale (VALE3) divulgou seu balanço referente ao primeiro trimestre de 2022 na noite de ontem. No entanto, a notícia que realmente chamou a atenção foi a que veio na sequência, após o fechamento do mercado, quando a mineradora comunicou sobre um novo programa de recompra de ações, estimado em até R$ 41 bilhões.

O valor do investimento pode ser maior ou menor, depende da cotação do papel no dia da compra. Segundo o que foi divulgado, a companhia pretende adquirir até 500 milhões de papéis em circulação. No dia anterior (27), a cotação de VALE3 fechou em R$ 82,17. Com esse valor da cotação, o programa pode movimentar até R$ 41 bilhões.

Por meio do programa, a Vale pode recomprar até 10% do total de ações em circulação ao longo dos próximos 18 meses. 

Essa foi uma excelente notícia para os investidores. Isso porque, quando uma empresa anuncia a recompra de ações, está sinalizando ao mercado que acha que seus papéis estão baratos e que esse é um bom uso do caixa disponível. Além disso, com menos ações em circulação, medidas como lucro por ação e dividendos por ação costumam aumentar:

“A continuidade do programa de recompra demonstra a confiança dos gestores nas perspectivas de negócio da Vale e no potencial de consistentemente criar e compartilhar valor”, afirmou a Vale em comunicado em que comunicou a aprovação da recompra.

A medida foi anunciada após uma queda forte dos papéis VALE3, de -15% no mês de abril até o último fechamento (27), e de um balanço ruim

Por isso, é compreensível que o investidor esteja se questionando: é hora de investir na Vale ou não?

Para responder à pergunta, primeiro precisamos analisar os acontecimentos do último trimestre e entender o que houve com a mineradora. A seguir, dou um panorama geral do cenário econômico que envolveu a empresa e quais as perspectivas para os próximos meses:

Comprar ou não comprar VALE3? Os papéis derreteram -15% em abril, mas o humor dos investidores mudou

Os últimos três meses não foram fáceis para a Vale. Em primeiro lugar, a companhia foi prejudicada por questões sazonais, devido às tempestades de verão do primeiro trimestre que chegaram a paralisar as operações da mineradora em diversas localidades. 

Além disso, ela ainda foi impactada por questões macroeconômicas. A ampliação de lockdowns em importantes regiões produtoras de aço na China e a tendência de desaceleração econômica do gigante asiático atrapalharam o desempenho da Vale.

Como resultado, a companhia divulgou números trimestrais abaixo do esperado, com queda nos principais indicadores financeiros. Para você ter uma ideia, a Vale registrou lucro líquido de US$ 4 bilhões entre janeiro e março de 2022, o que representa queda de 19,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

A receita líquida de vendas também recuou para US$ 10,8 bilhões, e o Ebitda (lucro ante juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado caiu 26,9% em comparação ao ano anterior para US$ 6,2 bilhões, abaixo do consenso do mercado, que esperava algo em torno de US$ 6,7 bilhões.

No entanto, nas negociações after hours da bolsa de Nova York, os ADRs (recibos de ações negociados no exterior) da empresa não sentiram o balanço negativo e saltaram 3,5%, a US$ 16,97. No Brasil, por sua vez, as ações VALE3 estão em tendência de alta, subindo 2,47% no momento em que escrevo esta reportagem.

Na opinião de Fernando Ferrer, analista de ações da maior casa de análise financeira independente do Brasil, esse pode ser inclusive um sinal de que está na hora de investir nos papéis da Vale

Para ele, oscilações acontecem e fazem parte do jogo da renda variável. No curto prazo, as empresas tendem a sentir os movimentos do cenário macroeconômico e as ações, por sua vez, são penalizadas. 

Mas, no longo prazo, os fundamentos daquelas empresas consideradas boas seguem os mesmos. Não é segredo para ninguém que a Vale é uma empresa que tem em seu histórico um fluxo de caixa robusto, além de geralmente pagar ótimos dividendos aos seus acionistas.

Para compartilhar as perspectivas que tem para a mineradora no longo prazo, bem como alertar os investidores se é hora de investir, Fernando Ferrer tomou a atitude de divulgar um relatório gratuito sobre a Vale.

Lá, ele explica em detalhes como a dinâmica dos últimos meses afetou a companhia e, mais do que isso, dá o seu veredito sobre comprar ou não as ações agora:

RELATÓRIO GRATUITO: É HORA DE COMPRAR VALE3? VEJA RESPOSTA DO ANALISTA

Acesse aqui o relatório gratuito e saiba se é hora de investir nas ações da 3ª maior mineradora do mundo

Fernando Ferrer é um dos analistas de ações da Empiricus e responsável por uma das carteiras mais famosas da casa, chamada “Melhores Ações da Bolsa”. Lá, ele recomenda ações de empresas brasileiras em que vê o maior potencial de valorização. 

Geralmente, essas recomendações são pagas e apenas os assinantes da carteira têm direito a recebê-las. No entanto, hoje o analista está abrindo uma exceção e dando um relatório gratuito sobre a Vale aos leitores do Seu Dinheiro.

Você não precisará pagar nenhum centavo sequer para acessá-lo. Tudo o que precisa fazer é clicar no botão abaixo e seguir os passos para recebê-lo em seu e-mail:

RELATÓRIO GRATUITO: É HORA DE COMPRAR VALE3? VEJA RESPOSTA DO ANALISTA

Essa é uma atitude do analista para dar a oportunidade para que mais pessoas possam conhecer o seu trabalho. Se eu fosse você, aproveitaria a chance para conferir o que o analista pensa sobre comprar ações da VALE3 sem precisar pagar nada. 

Afinal, não é todo dia que um analista dá as suas indicações assim, “de bandeja”.

Este conteúdo é patrocinado e apresentado por Vitreo.

Acompanhe tudo sobre:Investimentos-pessoaisVale

Mais de Invest

China estabelece fundo de investimentos em ativos de terra de empresas estatais de 30 bilhões yuans

Atentado a Trump fortalece o dólar e impulsiona novo trade na bolsa, diz economista-chefe da Avenue

Bolsa americana bate novo recorde após ataque a Trump

Quanto rende R$ 1 milhão a 100% do CDI por dia?

Mais na Exame