Selic a 7,75% ao ano: quanto rendem R$ 5 mil, R$ 10 mil e R$ 15 mil?

O aumento do risco fiscal no país e maior pressão inflacionária fizeram bancos revisarem projeções durante a semana
A missão que o BC hoje é resgatar a autoridade no sentido de organizar o debate sobre a política monetária para os próximos meses (Germano Lüders/Exame)
A missão que o BC hoje é resgatar a autoridade no sentido de organizar o debate sobre a política monetária para os próximos meses (Germano Lüders/Exame)
Karla Mamona
Karla MamonaPublicado em 27/10/2021 às 18:42.

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) decidiu, nesta quarta-feira, 27, aumentar a taxa básica de juro da economia, a Selic, de 6,25 % para 7,75% ao ano. A decisão do BC não era unanimidade no mercado, que estava dividido entre aumento de 100, 125 e 150 pontos-base.

Durante a semana, os bancos refizeram suas projeções devido ao aumento do risco fiscal no país e maior pressão inflacionária. A expectativa é de que taxa básica de juros continue a subir e inicie o próximo ano em dois dígitos.

Para André Perfeito, economista-chefe da Necton, destacou que poucas vezes houve uma reunião do Copom tão difícil como a atual. Ele afirma que a missão que o BC hoje é resgatar a autoridade no sentido de organizar o debate sobre a política monetária para os próximos meses e e comunicar com clareza seu plano.

É hora de investir em renda fixa?

Com a Selic em 7,75% ao ano, investimentos de renda fixa, como CDBs com taxas pós-fixadas, fundos DI e títulos do Tesouro Selic se tornam mais atrativos ao investidor por dois motivos: carrego e possibilidade de ganhos turbinados no curto prazo.

BAIXE O E-BOOK GRATUITAMENTE E APRENDA A INVESTIR COM SEGURANÇA EM MOMENTOS DE INCERTEZAS DO MERCADO

O carrego significa o acúmulo de juros diários incorporado ao título. Como boa parte das aplicações da renda fixa é atrelada ao CDI, estes investimentos passam a render mais a partir da alta de 1 ponto percentual.

A boa notícia para o investidor de renda fixa é que há projeção de aumentos adicionais da taxa Selic ainda neste ano, que irão aumentar ainda mais o carrego. É importante que o investidor analise a rentabilidade e os custos de cada aplicação.

O Tesouro Selic pode ser uma boa opção para quem está montando a reserva de emergência, já que o título é líquido e mantém o poder de compra do investidor ao longo do tempo.

Outra possibilidade é investir em um fundo DI simples (que aplica toda a carteira no Tesouro Selic) com taxa zero de administração.

Como fica a poupança com a nova taxa Selic

A poupança vem perdendo para a inflação nos últimos meses. Atualmente, o rendimento da caderneta é de 70% da taxa Selic.

Contudo, por ser isenta de Imposto de Renda, a poupança é uma melhor opção do que CDBs de bancos grandes que paguem 90% do CDI em prazos mais curtos, menores do que um ano, ou fundos Di com taxa de administração de 1% ao ano em prazos de até 1 ano.

Quanto rende cada investimento com a alta da Selic

A seguir, veja uma simulação de quanto 5.000, 10.000 e 15.000 reais rendem na poupança, em um CDB, em um fundo DI ou no Tesouro Selic, em diferentes prazos, considerando que o investidor resgate o valor após o período estipulado.

Na simulação, foi considerada a taxa da curva de juros vigente no dia da publicação desta matéria (a curva de juros muda diariamente). Os valores da simulação já descontam o imposto de renda, cobrado em todas as aplicações, exceto na poupança, que é isenta.

Quanto rende R$ 5 mil

Meses Poupança* CDB 90% do CDI (bancos grandes) CDB 110% do CDI (bancos médios) Fundo de DI com taxa de 1% ao ano** Tesouro Selic***
6  R$5.174,41 R$ 5.171,94  R$ 5.209,38 R$ 5.172,00 R$5.181,54
12  R$5.399,00  R$5.406,44 R$ 5.496,76 R$ 5.411,60 R$5.432,00
18  R$5.633,76  R$5.666,66 R$ 5.818,54 R$ 5.677,76 R$5.710,71
24  R$5.871,49  R$5.946,78  R$ 6.168,32 R$ 5.963,85 R$6.011,29
30 R$ 6.114,10  R$6.212,44 R$ 6.503,52 R$ 6.234,98 R$6.297,02

* A TR considerada foi zero. Não há desconto de imposto de renda nesta aplicação.
** Foi utilizada a curva de juros para cada prazo vigente na data da matéria. 

Quanto rende R$ 10 mil

Meses Poupança* CDB 90% do CDI (bancos grandes) CDB 110% do CDI (bancos médios) Fundo de DI com taxa de 1% ao ano** Tesouro Selic***
6 R$10.348,82 R$10.343,88 R$10.418,76 R$10.344,00 R$10.363,08
12 R$10.798,00 R$10.812,88 R$10.993,52 R$10.823,20 R$10.864,00
18 R$11.267,52 R$11.333,31 R$11.637,08 R$11.355,51 R$11.421,42
24 R$11.742,97 R$11.893,56 R$12.336,63 R$12.927,70 R$12.022,57
30 R$12.228,21  R$12.424,88 R$13.007,04 R$12.469,95 R$12.594,04

* A TR considerada foi zero. Não há desconto de imposto de renda nesta aplicação.
** Foi utilizada a curva de juros para cada prazo vigente na data da matéria. 

Quanto rende R$ 15 mil

Meses Poupança* CDB 90% do CDI (bancos grandes) CDB 110% do CDI (bancos médios) Fundo de DI com taxa de 1% ao ano** Tesouro Selic***
6 R$15.523,22 R$15.515,83 R$15.628,14 R$15.515,99 R$15.544,63
12 R$16.197,00 R$16.219,30 R$16.490,28 R$16.234,80 R$16.296,00
18 R$16.901,28 R$16.999,97 R$17.455,62 R$17.033,27 R$17.132,13
24 R$17.614,46 R$17.840,34 R$18.540,95 R$18.891,55 R$18.033,86
30 R$18.343,31  R$18.637,32 R$19.510,57 R$18.704,93 R$18.891,06

* A TR considerada foi zero. Não há desconto de imposto de renda nesta aplicação.
** Foi utilizada a curva de juros para cada prazo vigente na data da matéria.