• AALR3 R$ 20,13 0.35
  • AAPL34 R$ 68,07 -2.62
  • ABCB4 R$ 17,06 2.71
  • ABEV3 R$ 14,03 -1.34
  • AERI3 R$ 3,74 -1.06
  • AESB3 R$ 10,67 -0.09
  • AGRO3 R$ 30,96 1.11
  • ALPA4 R$ 20,90 -0.19
  • ALSO3 R$ 19,44 0.47
  • ALUP11 R$ 26,55 0.57
  • AMAR3 R$ 2,40 2.13
  • AMBP3 R$ 30,46 -2.34
  • AMER3 R$ 23,32 1.61
  • AMZO34 R$ 68,25 0.84
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.54
  • ARZZ3 R$ 80,81 -1.27
  • ASAI3 R$ 15,38 -0.13
  • AZUL4 R$ 21,04 -0.89
  • B3SA3 R$ 11,60 0.43
  • BBAS3 R$ 35,58 -0.92
  • AALR3 R$ 20,13 0.35
  • AAPL34 R$ 68,07 -2.62
  • ABCB4 R$ 17,06 2.71
  • ABEV3 R$ 14,03 -1.34
  • AERI3 R$ 3,74 -1.06
  • AESB3 R$ 10,67 -0.09
  • AGRO3 R$ 30,96 1.11
  • ALPA4 R$ 20,90 -0.19
  • ALSO3 R$ 19,44 0.47
  • ALUP11 R$ 26,55 0.57
  • AMAR3 R$ 2,40 2.13
  • AMBP3 R$ 30,46 -2.34
  • AMER3 R$ 23,32 1.61
  • AMZO34 R$ 68,25 0.84
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.54
  • ARZZ3 R$ 80,81 -1.27
  • ASAI3 R$ 15,38 -0.13
  • AZUL4 R$ 21,04 -0.89
  • B3SA3 R$ 11,60 0.43
  • BBAS3 R$ 35,58 -0.92
Abra sua conta no BTG

Selic a 3,5% ao ano. Veja quanto rendem R$ 5 mil, R$ 10 mil e R$ 15 mil

A alta da Selic era esperada pelo mercado diante da pressão inflacionária; renda fixa volta a ficar atrativa ao investidor
Selic: diante do cenário inflacionário, a expectativa é que novos aumentos sejam feitos nos próximos meses (Getty Images/Priscila Zambotto)
Selic: diante do cenário inflacionário, a expectativa é que novos aumentos sejam feitos nos próximos meses (Getty Images/Priscila Zambotto)
Por Karla MamonaPublicado em 05/05/2021 18:43 | Última atualização em 05/05/2021 19:44Tempo de Leitura: 4 min de leitura

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) decidiu, nesta quarta-feira, 5, aumentar a taxa básica de juro da economia, a Selic, de 2,75% para 3,5% ao ano. A decisão era esperada pelo mercado. Trata-se do segundo aumento consecutivo na Selic. 

Diante do cenário inflacionário, a expectativa é que novos aumentos sejam feitos nos próximos meses. No último boletim Focus, relatório semanal divulgado pelo BC com as projeções do mercado, as expectativas para a Selic estavam em 5,5% para o término deste ano e 6,25% para o fim de 2022. 

Quer impulsionar sua carreira? Participe da Jornada de Finanças e Negócios

Com a Selic em 3,5% ao ano, investimentos de renda fixa, como CDBs com taxas pós-fixadas, fundos DI e títulos do Tesouro Selic se tornam mais atrativos ao investidor por dois motivos: carrego e possibilidade de ganhos turbinados no curto prazo. 

“O carrego significa o acúmulo de juros diários incorporado ao título. Como boa parte das aplicações da renda fixa é atrelada ao CDI, estes investimentos passam a render mais a partir da alta de 0,75  ponto percentual. A boa notícia para o investidor de renda fixa é que há projeção de aumentos adicionais da taxa Selic, aumentando ainda mais o carrego”, explicou Renato Mimica, CIO da EXAME Invest Pro, em relatório publicado. 

Entretanto, ele destaca que o aumento da Selic pode significar um comprometimento do Banco Central com as metas inflacionárias, possibilitando queda na curva de juros. “Mas se o mercado entender que o aumento da Selic, na dosagem correta, é sinalização de comprometimento com a redução inflacionária, as taxas de juro futuras tendem a diminuir, uma vez que os investidores esperam uma inflação menor.”  Mimica acrescenta que este efeito possibilita ganhos devido à marcação a mercado. 

É importante que o investidor analise a rentabilidade e os custos de cada aplicação. O Tesouro Selic pode ser uma boa opção para quem está montando sua reserva de emergência, por exemplo, já que o título é líquido e mantém o poder de compra do investidor ao longo do tempo. Outra possibilidade é investir em um fundo DI simples (que aplica toda a carteira no Tesouro Selic) com taxa zero de administração. No caso da poupança, vale lembrar que a rentabilidade está negativa desde o ano passado, ou seja, perdendo para a inflação.

A seguir, veja uma simulação de quanto 5.000, 10.000 e 15.000 reais reais rendem na poupança, em um CDB, em um fundo DI ou no Tesouro Selic, em diferentes prazos. Os cálculos foram feitos por Michael Viriato, coordenador do Laboratório de Finanças do Insper.

Na simulação, a taxa básica de juro se mantém em 3,50% ao ano por todo o período do investimento. Os valores da simulação já descontam o imposto de renda, cobrado em todas as aplicações, exceto na poupança, que é isenta.

R$ 5 mil

Meses Poupança* CDB 90% do CDI (bancos grandes) CDB 110% do CDI (bancos médios) Fundo de DI com taxa de 1% ao ano** Tesouro Selic***
6 R$ 5.056,56 R$ 5.054,46 R$ 5.071,73 R$ 5.046,09 R$ 5.055,88
12 R$ 5.113,75 R$ 5.113,04 R$ 5.149,16 R$ 5.095,60 R$ 5.116,00
18 R$ 5.171,59 R$ 5.175,87 R$ 5.232,50 R$ 5.148,61 R$ 5.180,51
24 R$ 5.230,09 R$ 5.243,10 R$ 5.321,99 R$ 5.205,21 R$ 5.249,54
30 R$ 5.289,25 R$ 5.305,69 R$ 5.405,67 R$ 5.257,82 R$ 5.313,84

* A TR considerada foi zero. Não há desconto de imposto de renda nesta aplicação.
** Taxa DI considerada foi de 3,14% ao ano. 

R$ 10 mil

Meses Poupança* CDB 90% do CDI (bancos grandes) CDB 110% do CDI (bancos médios) Fundo de DI com taxa de 1% ao ano** Tesouro Selic***
6 R$ 10.121,76 R$ 10.117,54 R$ 10.143,47 R$ 10.092,19 R$ 10.111,75
12 R$ 10.245,00 R$ 10.244,08 R$ 10.298,37 R$ 10.191,20 R$ 10.232,00
18 R$ 10.369,74 R$ 10.379,93 R$ 10.464,99 R$ 10.297,22 R$ 10.361.01
24 R$ 10.496,00 R$ 10.525,40 R$ 10.643,98 R$ 10.410,43 R$ 10.499,08
30 R$ 10.623,80 R$ 10.661,00 R$ 10.811,35 R$ 10.515,64 R$ 10.627,69

* A TR considerada foi zero. Não há desconto de imposto de renda nesta aplicação.
** Taxa DI considerada foi de 3,14% ao ano. 

R$ 15 mil

Meses Poupança* CDB 90% do CDI (bancos grandes) CDB 110% do CDI (bancos médios) Fundo de DI com taxa de 1% ao ano** Tesouro Selic***
6 R$ 15.182,64 R$ 15.176,30 R$ 15.215,20 R$ 15.138,28 R$ 15.167,63
12 R$ 15.367,50 R$ 15.366,12 R$ 15.447,48 R$ 15.286,80 R$ 15.348,00
18 R$ 15.554,61 R$ 15.569,89 R$ 15.697,49 R$ 15.445,82 R$ 15.541,52
24 R$ 15.744,00 R$ 15.788,09 R$ 15.965,97 R$ 15.615,64 R$ 15.748,61
30 R$ 15.935,70 R$ 15.991,50 R$ 16.217,02 R$ 15.773,46 R$ 15.941,33

* A TR considerada foi zero. Não há desconto de imposto de renda nesta aplicação.
** Taxa DI considerada foi de 3,14% ao ano.