Acompanhe:

Selic a 11,75% ao ano: quanto rendem R$ 5 mil, R$ 10 mil e R$ 15 mil

Com a alta da Selic de 1 ponto percentual, renda fixa fica mais atrativa; veja simulações em exercício ilustrativo para o investidor

Segundo o último boletim Focus, relatório semanal divulgado pelo BC com as projeções do mercado, a expectativa é que a Selic encerre 2022 a 12,75% ao ano (Getty Images/Getty Images)

Segundo o último boletim Focus, relatório semanal divulgado pelo BC com as projeções do mercado, a expectativa é que a Selic encerre 2022 a 12,75% ao ano (Getty Images/Getty Images)

D
Da redação

Publicado em 16 de março de 2022, 19h16.

Última atualização em 17 de março de 2022, 05h56.

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) decidiu, nesta quarta-feira, 16, aumentar a taxa básica de juro da economia, a Selic, de 10,75% para 11,75% ao ano. A decisão já era esperada pelo mercado diante do cenário inflacionário e após os reajustes dos preços dos combustíveis pela Petrobras (PETR3, PETR4), com a disparada das cotações do petróleo e de outras commodities com a invasão da Ucrânia pela Rússia.

A taxa básica de juros deve continuar a subir. Segundo o último boletim Focus, relatório semanal divulgado pelo BC com as projeções do mercado, a expectativa é que a Selic encerre 2022 a 12,75% ao ano. O próprio Banco Central sinalizou no comunicado da reunião de ontem uma nova alta de 1 ponto percentual na reunião do começo de maio.

Onde Investir em 2022? Faça o teste e descubra se você está preparado para encontrar as melhores oportunidades de investimento do ano!

A seguir, veja simulações de quanto rendem R$ 5.000, R$ 10.000 e R$ 15.000 na poupança, em um CDB, em um fundo DI e em um título do Tesouro Selic com a nova taxa, em diferentes prazos, considerando que o investidor resgate o valor após o período estipulado.

Na simulação que tem o objetivo meramente ilustrativo para o investidor pessoa física, foi considerada a taxa da curva de juros vigente no dia da publicação desta matéria (a curva de juros muda diariamente). Os valores da simulação já descontam o Imposto de Renda, cobrado em todas as aplicações, exceto na poupança, que é isenta. Vale dizer que a taxa Selic serve de referência para a definição do CDI e que ambos operam com taxas diárias que variam.

A boa notícia para o investidor de renda fixa é que há projeção de aumentos adicionais da taxa Selic ainda neste ano, que irão aumentar ainda mais o carrego. É importante, contudo, que o investidor analise a rentabilidade e os custos de cada aplicação.

O Tesouro Selic pode ser uma boa opção para quem está montando a reserva de emergência, já que o título é líquido e mantém o poder de compra do investidor ao longo do tempo.

Outra possibilidade é investir em um fundo DI simples (que aplica toda a carteira no Tesouro Selic) com taxa zero de administração.

Como fica a poupança com a nova taxa Selic

Atualmente, o rendimento da caderneta é de 0,5% mais a taxa referencial. Mesmo isenta de Imposto de Renda, a poupança perde para todas as outras aplicações de renda fixa. Em todos os prazos, CDBs de bancos médios, que pagam 110% do CDI são os mais rentáveis entre as opções analisadas. Veja simulações abaixo: