Invest

Retorno de 7% ao ano? Veja como aproveitar o 2º maior juro real do mundo

O juro real do Brasil chegou a 6,54% e abre oportunidade para os investidores travarem retornos reais de 7% ao ano pelos próximos 8 anos

 (Canva)

(Canva)

Empíricus
Empíricus

Conteúdo Promocional

Publicado em 4 de junho de 2024 às 16h32.

Após o sétimo corte consecutivo na Selic, o Brasil ainda tem o maior juro real do mundo. De acordo com levantamento realizado pela MoneYou, o juro real do Brasil chegou ao patamar de 6,54% e perde apenas da Rússia (7,79%).

A notícia não é nada animadora, especialmente para a Bolsa brasileira, que no ano tem um desempenho negativo em 6%. Afinal, os juros altos são um obstáculo para os ativos de risco performarem bem. 

Por outro lado, a alta do juro real abre outras oportunidades para o investidor. Por exemplo, há uma classe de ativos que pode se beneficiar desse cenário e que está oferecendo retornos reais de até 7% ao ano. 

VEJA 4 TÍTULOS COM JURO REAL DE ATÉ 7%

Juros reais altos podem ser uma boa notícia?

Basicamente os juros reais são a diferença entre os juros nominais e a expectativa de inflação para os próximos 12 meses. Em outras palavras, é quanto efetivamente o investidor ganha em poder de compra.

No caso do juro real brasileiro, corresponde à diferença entre a taxa Selic e o IPCA. Quando ele está alto, significa que o país está com a Selic alta em função de expectativas de inflação mais baixas.

Nesse cenário, pode surgir algumas oportunidades para o investidor como, por exemplo, a chance de um prêmio de IPCA + 6,05% com vencimento em 2040, nas NTBs do Tesouro Direto. 

Fonte: Tesouro Direto

Ou seja, diante de retornos como este, não é muito vantajoso correr riscos se simplesmente você garantir um retorno real de mais de 6% ao ano, com a segurança da renda fixa. Para se dispor a isso, é preciso bater até mesmo um alto juro real.

Acontece que, nesse cenário, outros títulos de renda fixa precisam oferecer ao investidor um prêmio ainda mais atrativo. Assim, surgem algumas oportunidades numa categoria, conhecida como renda fixa ‘premium’. 

Retorno real de 7% ao ano investindo em categoria ‘premium’ da renda fixa

Essa categoria de títulos oferece aos investidores uma taxa prefixada, corrigida pela inflação. Ou seja, quem compra um título da renda fixa “premium” e fica com ele até o vencimento, tem a oportunidade de “travar” uma rentabilidade acima da inflação.

Para você ter uma ideia do potencial desses títulos no longo prazo, imagine que, na última década, você investiu em um ativo cuja remuneração era de IPCA + 5% ao ano

Levando em conta que esses ativos rendem a juros compostos, nos últimos 10 anos, esse título IPCA + 5% teria apresentado uma rentabilidade real de 62,89%

A simulação deixa claro que um juro real elevado tende a ser positivo para renda fixa. Especialmente para os títulos que têm remuneração IPCA mais uma taxa de juros

Acontece que, se os juros reais do Brasil permanecerem altos, isso significa que os títulos atrelados ao IPCA vão oferecer taxas de retorno mais atrativas. 

Veja só essa seleção feita por Lais Costa, analista de renda fixa da Empiricus Research com os 4 melhores de títulos “premium” para comprar agora

Fonte: Empiricus Research

Trata-se de ativos com potencial de retorno real maior que o da renda fixa “tradicional”risco menor que o da Bolsa, e na maioria dos casos isentos de imposto de renda.

Perceba que a taxa líquida, que é o quanto o investimento vai render descontada a inflação, é muito próxima e até mesmo superior ao juro real do Brasil. Quem topa um risco um pouco maior que o da renda fixa tem a oportunidade de capturar retornos de até IPCA + 7% ao ano, isentos de IR.

Essa oportunidade tem ‘prazo de validade’

Como expliquei, o juro real é a diferença entre a Selic e a inflação e ambos variam ao longo do tempo. Por exemplo, a projeção do IPCA para o fim do ano é de 3,80% e da taxa básica de juros 10%. 

Ou seja, a mudança tanto na Selic quanto na inflação podem resultar em um juro real menor. Consequentemente, os títulos da renda fixa tendem a ser reajustados. 

Assim, a melhor maneira de “travar” um retorno real de 7% ao ano até 2042 é investir nesses ativos o quanto antes. 

Nesse sentido, a Empiricus Research, empresa do Grupo BTG, está disponibilizando como cortesia o acesso gratuito à carteira com os 4 títulos da renda fixa “premium”

Para acessar é muito simples, basta clicar neste link e seguir as instruções. Além disso, uma vez que você fizer esse passo a passo, poderá receber mensalmente as atualizações dessa carteira, sem nenhum custo. 

Ficou interessado? Clique no botão abaixo e cadastre-se gratuitamente para receber a carteira completa de títulos premium da renda fixa:

QUERO BUSCAR RETORNOS DE ATÉ IPCA + 7% COM A RENDA FIXA PREMIUM

* Este conteúdo é apresentado por Empiricus

Acompanhe tudo sobre:branded marketing

Mais de Invest

“Não tente acertar o futuro”: a lição de Howard Marks a investidores brasileiros

Renda variável x renda fixa: como escolher o que é melhor para mim?

“Continuamos acreditando que o governo vai fazer o certo”, diz CEO do Santander

Mega-Sena acumulada: quanto rendem R$ 65 milhões na poupança

Mais na Exame