Por que você não deve investir no Tesouro IPCA+ 2022

Retorno bruto do título público, sem o desconto do Imposto de Renda (IR), ficará próximo de 100% do CDI no vencimento
Homem desconfiado: retorno previsto do título é menor do que um CDB com liquidez diária (Philipp Nemenz/Getty Images)
Homem desconfiado: retorno previsto do título é menor do que um CDB com liquidez diária (Philipp Nemenz/Getty Images)
Marília Almeida
Marília AlmeidaPublicado em 08/07/2022 às 17:39.

Muitas corretoras estão oferecendo o Tesouro IPCA+ 2022 como forma de captar recursos, mas especialistas apontam que o investimento não vale a pena. O motivo é simples: quem investe no título público terá um retorno bruto, sem o desconto do Imposto de Renda (IR), próximo de 100% do CDI.

A taxa oferecida pelo título, IPCA + 23%, pode parecer atrativa. Contudo, o cenário traçado pelo mercado entre o dia 6 de julho e o dia 15 de agosto, data do vencimento do título, é de deflação, especialmente por conta de subsídios, como a redução do ICMS sobre o combustível. É por isso, aliás, que a taxa é alta.

Seu título de renda fixa está perdendo valor? Vender pode ser vantajoso

Ou seja, não importa se o IPCA acumulado nos últimos meses foi elevado: o investidor será remunerado apenas com o IPCA que irá acumular sobre título entre hoje e o vencimento.

Por isso, IPCA+ 23% ao ano, considerando um IPCA negativo renderá algo próximo de 13,4% ao ano entre hoje e o dia 15 de agosto. Ou seja, 100% do CDI.

Concluindo, o título é claramente desvantajoso em relação a um CDB de liquidez diária porque no Tesouro IPCA+ 2022 o investidor será obrigado a pagar IR quando o título vencer, na alíquota máxima, de 22,5%, enquanto na compra de um CDB de liquidez diária ele não será obrigado a pagar o imposto nesta data.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

Veja Também

Renda fixa – modo de usar
Invest Opina
Há um dia • 4 min de leitura

Renda fixa – modo de usar

Crédito consignado do Auxílio Brasil: tire todas as suas dúvidas
Minhas Finanças
Há 2 dias • 4 min de leitura

Crédito consignado do Auxílio Brasil: tire todas as suas dúvidas

Serasa negocia dívidas de 45 empresas com parcelamento sem juros
Minhas Finanças
Há 3 dias • 2 min de leitura

Serasa negocia dívidas de 45 empresas com parcelamento sem juros