Itaú Asset fecha parceria com Algarve Capital para distribuir ativos alternativos

A tese de investimento no segmento de ativos alternativos está baseada na compra de créditos provenientes de processos judiciais e arbitragens
Itaú Asset: fundo deverá estar disponível ainda no segundo semestre de 2022 e inicialmente será oferecido aos clientes do Itaú Unibanco; Family Offices e para investidores estrangeiros (Eduardo Frazão/Exame)
Itaú Asset: fundo deverá estar disponível ainda no segundo semestre de 2022 e inicialmente será oferecido aos clientes do Itaú Unibanco; Family Offices e para investidores estrangeiros (Eduardo Frazão/Exame)
Karla Mamona
Karla MamonaPublicado em 22/07/2022 às 12:31.

A gestora Itaú Asset anunciou nesta sexta-feira, 22, uma parceria com a Algarve Capital, especializada em alocações em ativos alternativos (legal claims). A parceria tem como objetivo a criação de fundos de investimento, com co-gestão de ambas, focados em recursos provenientes especialmente de casos judiciais e arbitrais, atuando como um potencial solucionador de disputas e concedendo liquidez às partes envolvidas.

Os produtos serão estruturados conjuntamente pelas empresas. A tese de investimento da Algarve Capital no segmento de ativos alternativos está baseada na compra de créditos provenientes de processos judiciais e arbitragens que envolvam entes públicos e empresas privadas com sólida situação financeira. Serão casos e disputas muitas vezes já transitados em julgado ou precatórios já expedidos ou que serão expedidos no curto prazo.

Assine a EXAME e conte com a ajuda dos maiores especialistas do mercado na hora de investir

O fundo deverá estar disponível ainda no segundo semestre de 2022 e inicialmente será oferecido aos clientes do Itaú Unibanco; Family Offices e para investidores estrangeiros. Além disso, a parceria ainda estabelece que a Itaú Asset terá a opção de adquirir uma parcela minoritária da Algarve no futuro.

Em nota, a Itaú Asset afirmou que visa oferecer uma prateleira diversificada de investimentos, sejam próprios ou por meio de parcerias e a a Algarve se encaixou na atuação ao ser um player  especializado, com um histórico sólido e track record positivo.

"Compartilham conosco o emprego de criatividade para encontrar soluções, ao mesmo tempo em que são cautelosos e pensam no longo prazo, sempre respeitando os recursos investidos pelos clientes. Atuam de forma ética e possuem uma equipe diferenciada cuja cultura é muito similar ao DNA da Itaú Asset”, disse Sergio Goldstein, responsável pela área de crédito estruturado da Itaú Asset.

Daniel Cardoso, diretor da Algarve Capital, acrescentou que a parceria com a Itaú Asset tem o potencial de impulsionar a capacidade de atuação e permitirá a empresa se posicionar como um dos líderes do mercado e vetores de consolidação para os próximos anos”, afirma Daniel Cardoso, diretor da Algarve Capital.

“Temos um pipeline significativo de oportunidades em legal claims com teses sólidas e potencial de retorno interessante. Atuamos tanto como um agente de liquidez nesse mercado, quanto como um solucionador de impasses. Por meio das estruturas e garantias, objetivamos proteção do capital investido e recebimento do retorno esperado mesmo em caso de eventos imprevistos”, finalizou David Norgren, diretor da Algarve Capital.

Veja Também

Renda fixa – modo de usar
Invest Opina
Há um dia • 4 min de leitura

Renda fixa – modo de usar

Financiamento imobiliário recua 6% no primeiro semestre deste ano
Mercado imobiliário
Há 3 dias • 3 min de leitura

Financiamento imobiliário recua 6% no primeiro semestre deste ano