Investo lança ETFs de renda fixa internacionais listados na B3

Os inéditos ETFs da Investo - BNDX11, USDB11 e SVAL11 - estão disponíveis para investidores na B3 com cotas a partir de R$ 100
ETFs: CEO da Investo afirma que realizar investimentos nos inéditos ETFs - BNDX11 e USDB11 - pode ajudar a diminuir a volatilidade da carteira (Epiximages/Getty Images)
ETFs: CEO da Investo afirma que realizar investimentos nos inéditos ETFs - BNDX11 e USDB11 - pode ajudar a diminuir a volatilidade da carteira (Epiximages/Getty Images)
T
Thais CancianPublicado em 14/07/2022 às 13:01.

A Investo, gestora brasileira independente e especializada em ETFs, lançou dois novos ETFs no Brasil, direcionados a investimentos em títulos globais de renda fixa: o BNDX11 e o USDB11. São inéditos no mercado nacional e replicam índices de renda fixa da Bloomberg.

Cauê Mançanares, CEO da Investo, afirma que realizar investimentos em produtos como o BNDX11 e USDB11 pode ajudar a diminuir a volatilidade da carteira. “Os investimentos em títulos de dívida, conhecidos como Bonds, sempre tiveram muito destaque e boa receptividade no mercado financeiro para diversificação de carteiras. Os ETFs da Investo irão investir em ETFs da Vanguard, o BNDX e o BND."

Para ilustrar o tamanho que a renda fixa internacional representa nos Estados Unidos, os ETFs BNDX e BND, se somados, totalizam mais de 400 bilhões de dólares sob gestão nos Estados Unidos, enquanto todos os ETFs disponíveis no Brasil, de todos os tipos, somados, alcançam apenas 10 bilhões de dólares. "Isso reforça a importância de que produtos como o BNDX11 e USDB11 precisam estar disponíveis ao investidor brasileiro”, acrescenta. 

Esteja sempre informado sobre as notícias que movem o mercado. Assine a EXAME por menos de R$ 11/mês

BNDX11

O BNDX11 é um produto que investe no ETF BNDX (Vanguard Total International Bond ETF), listado na bolsa americana Nasdaq, que busca retornos de investimento que correspondam ao índice Bloomberg Global Aggregate ex-USD Float Adjusted RIC Capped Hedged to USD Index. Além disso, o BNDX é uma aplicação que detém cerca de 6 mil títulos majoritariamente de países desenvolvidos, excluindo os Estados Unidos, com abrangência global. Este ETF é gerido pela gestora Vanguard, que detém mais de US$ 7 trilhões sob gestão.

Com valor de aquisição de aproximadamente R$ 100 por cota, a taxa de administração do BNDX11 é de 0,25% ao ano. Por ser um ETF de renda fixa de longo prazo, os impostos incidentes sobre o investimento são de 15% sobre o rendimento obtido.

A Investo ressalta que o BNDX11 investirá em uma amostra diversificada de títulos, que inclui governo, agência governamental, corporativo e investimentos de renda fixa securitizados com grau de investimento, todos emitidos em moedas diferentes do dólar americano e com vencimentos de mais de um ano. Os títulos estão distribuídos da seguinte forma pelo mundo: Europa (57%), Pacífico (24%), América do Norte (9%), Mercados Emergentes (6%), Outros (4%) e Oriente Médio (pouco menos de 1%).

USDB11

O USDB11, por sua vez, é um ETF que investe no ETF BND (Vanguard Total Bond Market ETF), listado na bolsa americana Nasdaq, que busca acompanhar o desempenho do Bloomberg US Aggregate Bond Float Adjusted Index. O ETF BND detém cerca de 10 mil títulos americanos corporativos tributáveis com grau de investimento do Tesouro dos Estados Unidos, hipotecários e ativos com vencimentos curtos, intermediários e longos, superiores a um ano, resultando em uma carteira de duração intermediária. Nos Estados Unidos, ele possui cerca de US$ 300 bilhões sob gestão.

O USDB11 também pode ser adquirido pelo valor de R$ 100 por cota, e sua taxa de administração é de 0,25% ao ano. Por ser um ETF de renda fixa de longo prazo, os impostos incidentes sobre o investimento são de 15% sobre o rendimento obtido.

É reforçado pela Investo que o produto apresenta um portfólio diversificado, sendo que os títulos com maior representatividade são títulos do tesouro americano, provendo segurança de diversificação do investimento em mais de 10 mil títulos do mercado americano.

O índice replicado (Bloomberg US Aggregate Bond Float Adjusted Index) é direcionado ao mercado de títulos de renda fixa denominados em dólares americanos, com grau de investimento, tributáveis e com vencimentos de pelo menos um ano. Além disso, o BND oferece um portfólio diversificado a um custo baixo e tem uma cesta de títulos com mais de 10 mil emissões. O ETF também é gerido pela gestora Vanguard.

SVAL11: small caps de valor são novo foco de ETF da Investo

A Investo também apresenta o SVAL11, primeiro ETF listado na B3 que permite ao brasileiro investir no mercado internacional utilizando uma estratégia multifatorial, sendo os fatores Tamanho (Small Cap) e Valor (Value) representados na carteira do ETF.

O SVAL11 investirá no ETF VIOV (Vanguard S&P Small-Cap 600 Value) e, por sua vez, replica o desempenho do índice S&P Small-Cap 600 Value (SP600V), investindo em mais de 400 empresas americanas de baixa capitalização e que possuem múltiplos de negociação baixos, ou seja, são ações “baratas” quando comparadas com o mercado geral. Sua taxa de administração será de 0,30%. Além disso, o SVAL11 é tributado como um ETF de renda variável, com pagamento de 15% sobre o ganho de capital na venda das cotas, e se a operação for de day trade, a alíquota será de 20%.

“A Investo está muito feliz com este lançamento que é o primeiro ETF multifatorial para investimento internacional no Brasil. O investimento fatorial é uma estratégia extremamente discutida mundo afora, e a Investo quer trazer para o brasileiro a chance de participar neste movimento com um produto de investimento local”, conclui Mançanares.

Assine a EXAME e conte com a ajuda dos maiores especialistas do mercado na hora de investir