Esqueça imóveis tradicionais: esta é a forma mais inteligente de receber aluguel todos os meses

Conheça 7 vantagens dos fundos imobiliários sobre os imóveis tradicionais e aprenda a usá-las a seu favor
 (Shutterstock/Reprodução)
(Shutterstock/Reprodução)
D
Da Redação

Publicado em 11/11/2022 às 12:30.

Última atualização em 30/11/2022 às 10:05.

São Paulo - O investimento em imóveis é uma paixão nacional há décadas. Você já deve ter ouvido de algum parente a frase “quem compra terra nunca erra”. 

Ou talvez até conheça uma daquelas famílias que viveram gerações recebendo aluguéis.

Isso porque a escassez natural do mercado imobiliário faz dele um investimento que tende a valorizar ao longo do tempo, além de blindar seu patrimônio contra a inflação

Acesse a plataforma de inteligência de mercado mais usada por profissionais de investimentos para análise de FIIs e outros ativos

Sem contar, é claro, na renda passiva generosa que esse tipo de ativo é capaz de gerar.

Mas e se você pudesse acessar os mesmos benefícios dos imóveis tradicionais de forma turbinada, começando com pouco e sem precisar lidar com as dores de cabeça de ser um proprietário?

Essa é a proposta dos fundos imobiliários, a forma mais inteligente e acessível de receber aluguel todos os meses.

Se você tem interesse em construir uma fonte de renda passiva recorrente, a Exame preparou um Ebook 100% gratuito sobre o assunto. 

Nele, nós explicamos não apenas o que são e como investir em fundos imobiliários, mas como você pode aproveitar uma janela de oportunidade histórica nesta classe de ativos.

Mas afinal, o que são fundos imobiliários?

Os Fundos Imobiliários foram regulamentados no Brasil pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no ano de 1993. 

Mas apesar de quase 3 décadas de existência, poucos brasileiros sabem o que são e, o mais importante, o que eles podem fazer por sua vida financeira.

Na prática, funciona assim: 

Um grupo de investidores se une para comprar ou construir imóveis que dificilmente poderiam comprar por conta própria, para depois alugá-los ou revendê-los.

Aqui, não estamos falando de investimentos em “casinhas” ou “kitnets”. Mas, sim, de alguns dos imóveis mais importantes e valiosos do país.

Esses imóveis podem ser shoppings-centers, lajes corporativas, galpões logísticos, hotéis de alto padrão e até grandes propriedades rurais. 

Depois, todo esse patrimônio é dividido em milhares de pedaços iguais, que são distribuídos proporcionalmente para cada um dos investidores, de acordo com investimento que eles fizeram.

Muito semelhante a imóveis tradicionais, mas com algumas diferenças fundamentais.

Confira a seguir 7 vantagens dos fundos imobiliários sobre os imóveis tradicionais.

1 – Você pode começar com menos de R$ 100,00

Diferente do que ocorre com imóveis tradicionais, nos fundos imobiliários você pode começar com valores muito baixos.

Hoje é possível negociar cotas de Fundos Imobiliários por cerca de R$ 100,00, e receber seu primeiro aluguel já nos próximos dias. 

Além disso, pense comigo: em um imóvel convencional, você precisaria de anos de aluguel acumulado para comprar um segundo imóvel. Enquanto isso, esse dinheiro poderia ficar parado.

Com fundos imobiliários, você pode transformar essa renda passiva em novas cotas imediatamente e aproveitar o efeito multiplicador dos juros compostos ao longo do tempo.

2 - Acesso a imóveis premium e os melhores inquilinos

Você concorda que quanto melhor a qualidade de um imóvel, mais seus inquilinos estarão dispostos a pagar por ele?

E que quanto melhores forem seus inquilinos, menor será a chance de eles ficarem inadimplentes?

O legal é que com fundos imobiliários, você adquire parte de imóveis de altíssimo padrão sem precisar ser bilionário.Você pode ter um “pedacinho” de um prédio comercial na Faria Lima, um shopping em Pinheiros, ou um galpão logístico no interior do seu estado e alugá-lo para as maiores empresas do país.

Mas não se preocupe. Como estamos falando de renda passiva, você não vai precisar se dar ao trabalho de negociar com nenhum desses inquilinos. Afinal, você terá uma…

3 - Gestão profissional trabalhando por você

É claro que para identificar imóveis de excelência como os que citamos acima, você precisa de um olhar profissional.

É por isso que todo fundo imobiliário tem gestores experientes e uma equipe de talentos trabalhando em busca de boas oportunidades de imóveis para maximizar o retorno dos seus cotistas.

Também é papel do gestor fazer uma análise de crédito minuciosa dos seus inquilinos para garantir que a inadimplência seja a menor possível.

Tudo isso acontece sem que você precise dedicar seu tempo precioso ou ter qualquer entendimento avançado sobre imóveis. 

4 - Mais diversificação e menos risco

É comum que pessoas mais conservadoras concentrem uma parte importante de seu patrimônio em um único imóvel, com a ilusão de que estarão mais protegidas.

O que elas não sabem é que estão ferindo a regra de ouro dos grandes investidores: a de não colocar todos os ovos na mesma cesta.

Ao comprar uma única cota de fundo imobiliário, você já pode se expor a mais de uma dezena de imóveis, diferente de um imóvel tradicional. 

Mas você pode ir além. Ao construir uma carteira diversificada de fundos imobiliários, você acessa também diferentes segmentos, setores, regiões e até classes de ativos.

Dessa forma, se o setor de shoppings estiver passando por uma situação difícil, como aconteceu na pandemia, por exemplo, você pode ganhar aluguel das varejistas de e-commerce, comprando FIIs de galpões logísticos.

Além disso, ter apenas um imóvel pode deixá-lo na mão de um único inquilino, que terá mais força para negociar o aluguel ou deixar o imóvel.

Se você possui vários imóveis ao mesmo tempo, tem a maior parte da sua renda blindada e mais poder de barganha.

5 - Dinheiro na mão rápido

Todo mundo acha que sabe o valor do próprio imóvel até precisar vendê-lo às pressas, da noite para o dia. Quando isso acontece, cadê o comprador?

Isso acontece porque os imóveis convencionais têm pouca liquidez, isto é, a velocidade com que se pode transformar o ativo em dinheiro. 

Já se você tem cotas de fundos imobiliários, pode se desfazer delas a valor de mercado em questão de 1 ou 2 dias, com alguns cliques e sem sair de casa.

E aqui entra um outro benefício enorme dos FIIs que pouquíssima gente fala: o fracionamento.

Imagine que você quer levantar R$ 30 mil para pagar, por exemplo, uma viagem em família, mas tenha apenas um imóvel no valor de R$ 300 mil para vender…

Você conseguiria se desfazer de apenas um banheiro ou uma janela da sua casa para levantar o dinheiro? Provavelmente, não…

No caso dos FIIs, você pode vender apenas o número de cotas necessário para alcançar aquele seu objetivo, em o tudo ou nada do imóvel tradicional.

6 - Sem dor de cabeça… e sem imposto de renda

Pode esquecer anúncios de internet, conversas com corretores, visitas ao cartório e pagamentos de impostos como ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis). 

Nos fundos imobiliários, toda a papelada fica por conta da administradora, que cobra taxas muito mais baixas do que uma imobiliária tradicional.

Comprar e vender uma cota de Fundo Imobiliário é quase tão simples quanto abrir o seu celular e fazer um PIX.

Além disso, se você tem um imóvel para aluguel, sabe que o Leão dá uma mordida cruel de até 27,5% dessa renda todos os anos.

E essa é mais uma diferença gritante entre os imóveis tradicionais e os fundos imobiliários.

Enquanto mantiver suas cotas, você receberá seu "aluguel" sem pagar um centavo de Imposto de Renda.

7 – Mais renda passiva na sua conta

Todas as vantagens que trouxemos aqui se traduzem em mais retorno. 

Em 2021, 90% dos fundos imobiliários que compõem o IFIX – índice que representa os FIIs mais negociados na Bolsa – geraram mais dividendos do que o retorno médio com locação de imóveis.

E enquanto o ganho com locação de imóveis foi de 4,66% naquele ano, alguns fundos imobiliários bateram retorno de 18%.

É importante lembrar que as cotas dos fundos imobiliários podem sim oscilar para baixo no curto prazo, e que retornos passados não são garantia de lucros futuros.

Mas a verdade é que o mesmo vale para qualquer imóvel físico. Já imaginou se você pudesse ver todos os dias a cotação da sua casa no jornal? 

Provavelmente tomaria um susto com a montanha russa.

O que importa é que, para o investidor de longo prazo, as oscilações diárias são apenas uma boa oportunidade de comprar barato. 

E por falar em oportunidade… 

A Exame preparou um Ebook 100% gratuito explicando como você pode aproveitar uma janela de oportunidade histórica dos fundos imobiliários para construir uma carteira de renda passiva.

Clique aqui para baixar agora o Renda Passiva Permanente com Fundos Imobiliários.