Ebook gratuito mostra como gerar renda extra com Fundos Imobiliários; veja como baixar

Guia exclusivo da Exame te ensina a receber aluguel todos os meses, começando com menos de R$ 100,00 — e sem precisar ter um imóvel
 (Marcello Casal Jr/Divulgação)
(Marcello Casal Jr/Divulgação)
D
Da RedaçãoPublicado em 10/11/2022 às 13:24.

São Paulo - O que você faria se pudesse receber um aluguel de R$ 1.000, R$ 5.000, R$ 10.000 ou até mais, todo santo mês — sem precisar ter um imóvel no seu nome? 

Viajaria com maior frequência? Passaria mais tempo com sua família? Trocaria de carro? Colocaria seus filhos em uma escola melhor? 

Pode parecer bom demais para ser verdade, mas mais de 1,7 milhão de brasileiros já pagam parte de suas contas ou até mesmo vivem de renda com os chamados Fundos Imobiliários - número que cresceu 660% em apenas 3 anos.  

E a melhor parte: 

  • Sem gastar sua energia lendo contratos; 
  • Sem precisar fazer melhorias em apartamentos; 
  • Sem precisar lidar com inquilinos; 
  • E começando a partir de R$ 100,00. 

Para te ajudar a se juntar a esse grupo seleto de investidores que não se aborrecem, a Exame acaba de lançar o Ebook Gratuito Renda Passiva Permanente com Fundos Imobiliários 

Você pode baixá-lo de graça clicando aqui. 

O objetivo do Ebook é oferecer um plano concreto para que você possa começar a gerar um aluguel generoso todos os meses, com chances reais de antecipar sua aposentadoria. 

É por isso que, ao longo de mais de 40 páginas, você vai entender: 

  • Por que os fundos imobiliários são a forma mais inteligente, prática e acessível de investir em imóveis; 
  • Quanto você precisa investir para gerar uma renda de R$ 1.000, R$ 5.000 ou R$ 10.000 e viver de renda (com direito a uma planilha exclusiva de planejamento); 
  • O passo a passo para fazer seu primeiro investimento e receber seu primeiro aluguel já nos próximos 30 dias 
  • Os principais indicadores para identificar excelentes fundos imobiliários. 

E no final do Ebook, nós ainda disponibilizamos um presente exclusivo para os 100 primeiros leitores que terminarem o livro. 

Por isso, se você quer aproveitar esta surpresa, recomendamos que baixe o guia agora mesmo. 

Lembrando que este não é um guia para quem está em busca de promessas de enriquecimento rápido, do dia para a noite.  

Nossa missão aqui é fazer com que “pessoas comuns” (aquelas que não são especialistas em finanças) possam obter grandes lucros e multiplicar sua renda de forma responsável, assim como fazem os grandes investidores. 

E o melhor momento para começar, como você vai ver no Ebook, é hoje e agora. 

Clique aqui para baixar o Ebook Renda Passiva Permanente com Fundos Imobiliários agora. 

O que são fundos imobiliários? 

Os Fundos Imobiliários foram regulamentados no Brasil pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no ano de 1993.  

Mas apesar de quase três décadas de existência, são poucos os brasileiros que sabem o que eles podem fazer por sua vida financeira. 

Na prática, funciona assim:  

Um grupo de investidores se une para comprar ou construir imóveis que dificilmente poderiam comprar por conta própria, para depois alugá-los ou revendê-los. 

Aqui, não estamos falando de investimentos em “casinhas” ou “kitnets”. Mas, sim, de alguns dos imóveis mais importantes e valiosos do país. 

Esses imóveis podem ser shoppings-centers, lajes corporativas, galpões logísticos, hotéis de alto padrão e até grandes propriedades rurais.  

Depois, todo esse patrimônio é dividido em milhares de pedaços iguais, que são distribuídos proporcionalmente para cada um dos investidores, de acordo com investimento que eles fizeram. 

Cada um desses pedaços é chamado de cota e é negociado na Bolsa brasileira.  

Assim como em um imóvel convencional, ter uma cota te dá direito a receber uma parte dos aluguéis desses imóveis, que são alugados pelas maiores empresas do país. 

Os ganhos obtidos com essas operações são distribuídos entre os participantes e são os chamados dividendos. 

Assim, você pode ganhar dinheiro de duas formas com fundos imobiliários: com a valorização das suas cotas (quando os imóveis do fundo valorizam), e com a renda que recebe por cada cota que comprou. 

Ou seja, o investidor que tiver 100 cotas, por exemplo, vai receber 10 vezes mais dividendos que o detentor de 10 cotas em um mesmo período, e assim por diante. 

Mas como ter certeza de que o fundo vai distribuir esses aluguéis? Simples… 

Pouca gente sabe, mas, em janeiro de 1999, o então presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) assinou a Lei nº 9.779 – que regulariza a distribuição de rendimentos dos fundos imobiliários. 

Sem meias palavras, essa lei obriga os fundos a distribuírem 95% dos seus lucros semestralmente na forma de dividendos. 

Mas na prática, a maior parte dos fundos opta por fazer esses pagamentos de forma mensal, como em um aluguel convencional. 

O mais legal é que você não precisa ser nenhum expert em imóveis para receber essa renda extra todos os meses. E você já vai entender por quê. 

Os fundos imobiliários são divididos em 2 categorias principais: os de tijolo, quando investem em um ou mais imóveis físicos para construção, venda ou aluguel; e os de papel, que investem em dívidas do mercado mobiliário, como certificados de recebíveis imobiliários (CRIs), letras de crédito imobiliário (LCIs) ou até cotas de outros fundos imobiliários. 

(Exame/Exame)

*Essa reportagem traz trechos do Ebook Gratuito Renda Passiva Permanente com Fundos Imobiliários, que pode ser baixado de graça aqui.