Como escolher as melhores empresas para investir? 5 indicadores que você deveria conhecer

Entenda como analisar e escolher as melhores ações e empresas para investir no longo prazo, através de indicadores simples e de fácil acesso.
 (Thinkstock/Reprodução)
(Thinkstock/Reprodução)
D
Da RedaçãoPublicado em 18/07/2022 às 14:00.

Se você já passou horas lendo relatórios, assistindo a vídeos no YouTube e procurando no Google “quais as melhores ações para investir na Bolsa de Valores”, saiba que existem formas mais rápidas e práticas de descobrir em quais ações alocar o seu capital.

Na verdade, saber onde investir o seu dinheiro pode ser mais simples do que parece se você começar a olhar para as empresas, em vez de olhar apenas para os papéis. Afinal, quando você investe em uma empresa e se torna sócio dela, o seu maior desejo é que ela cresça, prospere e lucre para, enfim, gerar valor para você através de suas ações.

Trimestralmente, diversas empresas divulgam os seus resultados no que chamamos de temporada de balanços. E é justamente nesses resultados divulgados que encontramos inúmeros indicadores que revelam se uma empresa é ou não uma boa opção de investimento. 

Neste artigo, você entenderá quais são os 5 indicadores básicos para analisar uma empresa e como aplicar isso nos seus investimentos para cuidar melhor do seu patrimônio. Confira:

1. Lucratividade e Rentabilidade (ROE e ROIC)

Saber quanto um negócio realmente entrega de resultado é essencial na hora de diferenciar empresas boas e ruins. Uma forma de verificar isso é a partir da análise de lucratividade, através de indicadores como: ROE, ROIC e margem líquida.

O que é ROE?

O ROE é um indicador que informa o retorno sobre patrimônio líquido, ou seja, o retorno sobre o capital do acionista, a partir da divisão de [lucro líquido / patrimônio líquido]. Quando analisada uma ação como PETR3 (Petrobras), vemos que o ROE é 34,53%, ou seja, ao longo dos últimos 12 meses, foi a essa taxa que a Petrobras remunerou o capital dos seus acionistas.

No entanto, não existe uma regra de ROE ideal e, por isso, é importante que você compare esse valor com o de empresas concorrentes e analise se está acima ou abaixo da média do mercado.

2. Endividamento da empresa

Não é apenas de rentabilidade que vive uma empresa de qualidade. Afinal, você não quer investir em uma empresa rentável, mas que vai quebrar de tantas dívidas, certo? Por isso, o endividamento da empresa é um grande indicador de saúde do negócio. Para analisá-lo, podemos pensar em 2 indicadores: liquidez corrente e liquidez seca.

O ativo circulante de uma empresa diz respeito a bens ou direitos que podem ser convertidos em dinheiro dentro do ano fiscal da empresa, além do dinheiro que há em caixa. Já o passivo circulante diz respeito às despesas e dívidas de uma empresa que ela deve honrar no curto prazo. Ao dividirmos o [ativo circulante / passivo circulante], chegamos ao valor de liquidez corrente. Se o valor for igual a 1, significa que o ativo circulante é igual ao passivo circulante. Quanto maior o valor, maior a liquidez corrente e maior a garantia de que a empresa conseguirá honrar suas dívidas sem quebrar.

Porém, atenção: o ativo circulante contabiliza também o estoque, mas nem todas as empresas têm um estoque que pode ser instantaneamente liquidado. É o caso de empresas de varejo, como lojas de roupas e eletrodomésticos. Mesmo que elas tenham R$1 milhão em produtos no estoque, não seria possível vendê-los instantaneamente para honrar uma dívida no curto prazo. Por isso, caso você deseje fazer um investimento ainda mais seguro, uma ótima opção é analisar a [liquidez seca = ativo circulante - valor dos estoques / passivo circulante].

3. Crescimento do negócio

Além de boa rentabilidade e baixo endividamento, uma boa empresa para investir é aquela que cresce e, principalmente, que tem potencial para continuar crescendo. Existe uma série de indicadores de crescimento, como CAPEX e receita líquida/capital de giro. No entanto, um indicador importantíssimo é CAGR (Compound Annual Growth Rate), sigla para taxa de crescimento anual composta, em inglês. Por ser uma taxa composta, esse indicador te ajuda a entender como a empresa cresce em períodos bons, mas também em períodos de crise.

No entanto, vale lembrar que essa taxa de crescimento não representa um retorno real, mas sim um valor estimado que ajuda o investidor a entender a rentabilidade de um investimento ao longo do tempo.

Quer aprender mais sobre como ler o balanço de uma empresa e descobrir boas oportunidades de investimento? Baixe o e-book completo e gratuito da EXAME.

4. Governança Corporativa

Quando você compra uma ação e vira sócio de uma empresa, você espera retornos, certo? Logo, você espera que as pessoas que comandam aquela empresa tomem decisões responsáveis, sejam profissionais, não se envolvam em escândalos e tenham como pressuposto de suas ações o desenvolvimento do negócio. Nesse sentido, é essencial que você esteja por dentro das ações de governança corporativa da empresa. 

Alguns indicadores que podem ser analisados são: tag along, histórico dos sócios e histórico dos executivos. 

5. Preço da Ação

Por fim, saiba que não adianta uma empresa ser boa se a sua ação está cara demais. Uma caneta bic é uma ótima caneta, mas você pagaria R$100 nela apenas por ser ótima? Não, porque mesmo sendo um bom produto, você precisa que o preço dele seja interessante em relação ao valor que isso gera para você. 

Um bom indicador é o P/L (preço da ação/lucro por ação), que mostra quanto uma empresa vai demorar para pagar, através do lucro dela,  o investimento que você fez.

Vale lembrar que essas são algumas formas práticas de analisar uma empresa. Os indicadores aqui citados são apenas opções disponíveis para que você tenha a autonomia de pesquisar, estudar e entender onde fará mais sentido investir o seu dinheiro. 

Se você quiser se aprofundar no assunto e entender de verdade o que está por trás do sucesso de uma empresa, nós preparamos um e-book gratuito chamado “Indicadores de valor: como ler o balanço de uma empresa”.

E-book Gratuito: Como ler o balanço de uma empresa?

Criado por especialistas da EXAME, o e-book gratuito aborda temas como: 

  • O que é o balanço de uma empresa;
  • O que avaliar na empresa antes de investir;
  • Qual o significado dos principais indicadores de valor;
  • Como ler um DRE;
  • Exemplos práticos para não ser enganado na hora de analisar os resultados de uma empresa.

Para ter acesso ao e-book Indicadores de Valor: Como ler o balanço de uma empresa? basta clicar aqui, ou no botão abaixo, e fazer o download gratuito:

QUERO BAIXAR O E-BOOK GRATUITO SOBRE COMO LER O BALANÇO DE UMA EMPRESA